Como parar de tomar anticoncepcional e o que acontece com o corpo?

Para quem usa pílula ou outros métodos de contracepção há muito tempo, é preciso saber como parar de tomar anticoncepcional.

Muitas mulheres usam pílula como método contraceptivo desde a adolescência. Todavia, chega uma hora que decidem parar de tomar ou trocar o método. No entanto, antes é importante saber como parar de tomar anticoncepcional e as prováveis mudanças que vão acontecer no corpo.

Em suma, a pílula é um dos métodos mais utilizados atualmente. Lembrando que quando foi criada na década de 60, ela se tornou um símbolo da revolução sexual. Cujo papel foi fundamental para que mulheres assumissem o controle sobre seu próprio corpo.

Mas, cada vez mais cresce o número de mulheres que buscam por métodos contraceptivos sem hormônios sintéticos, já que este causa danos à saúde. Por isso, antes de parar de usar a pílula, é importante conversar com sua ginecologista, que indicará a melhor maneira de passar pelo processo.

Como funciona

Como parar de tomar anticoncepcional: possíveis efeitos colaterais
MD Saúde

Para saber como parar de tomar anticoncepcional, primeiramente é importante você entender como os anticoncepcionais hormonais (ACs) funcionam. Em suma, os ACs são métodos contraceptivos composto pela pílula anticoncepcional, injeções (mensais e trimestrais), anel vaginal, adesivo, DIU Mirena (SIU) e implantes.

Ademais, a principal função do anticoncepcional é interromper o ciclo menstrual temporariamente. Fazendo com que os ovários parem de produzir hormônios sexuais. Dessa forma, a mulher não ovula, não fica fértil e nem menstrua. Contudo, assim que o uso for interrompido, os ovários voltam a reproduzir hormônios.

Dessa forma, ao parar de tomar anticoncepcional, os ciclos menstruais voltam, os ovários aumentam seu tamanho e volta a executar sua função. Que é produzir hormônios e amadurecer óvulos.

Ao contrário do que muitos acreditam, ao interromper o uso de ACs, não há um período de desintoxicação. Pois, os hormônios sintéticos são metabolizados e eliminados pelo organismo em questão de horas. Com exceção dos injetáveis.

No entanto, pode acontecer da produção hormonal ficar desregulada no início, o que é normal. Entretanto, podem acontecer algumas mudanças no corpo e em alguns casos pode acontecer até mesmo alteração na personalidade. Um dos efeitos colaterais que pode acontecer é o ciclo menstrual ficar desregulado.

Normalmente, o ciclo menstrual tem duração de 24 a 35 dias, podendo ter uma pequena variação. Vale lembrar que, para ser regular o ciclo não precisam ter necessariamente o mesmo número de dias todos os meses. Agora, quando a variação de um mês para outro for mais de 10 dias, significa que o ciclo é irregular.

Como parar de tomar anticoncepcional

BBC

Como já mencionamos, existem diversos métodos hormonais disponíveis. Dessa forma, para saber como parar de tomar anticoncepcional, é preciso saber como cada um vai agir no organismo. Por exemplo:

  • Pílula – mulheres que tomam esse tipo de método com uso contínuo podem parar de usá-lo a qualquer momento. Agora, se for à pílula com pausa, é preciso esperar a cartela terminar para parar de usar.
  • Anel vaginal – da mesma forma que a pílula, o anel de uso contínuo pode ser retirado a qualquer momento. Já o anel com pausa, é preciso esperar a pausa para retirá-lo.
  • Implante – nesse caso é preciso passar por um procedimento médico para retirá-lo.
  • DIU hormonal – da mesma forma que o implante, é preciso retirá-lo através de um procedimento médico.
  • Injeção – o uso pode ser interrompido a qualquer momento.
  • Adesivo – é só aguardar o fim da validade para poder retirá-lo.

Como parar de tomar anticoncepcional: evitar a gravidez

Como parar de tomar anticoncepcional: possíveis efeitos colaterais
BBC

Assim que você interromper o uso de anticoncepcional, sua fertilidade será retomada. Portanto, há risco de engravidar. Dessa forma, se você quer parar de tomar anticoncepcional, mas quer continuar evitando a gravidez, precisa se organizar para trocar o método contraceptivo. Principalmente, se o seu método for a pílula, nesse caso é preciso se habituar a outro método antes de interromper o uso da pílula.

Ademais, outras opções de métodos que podem ser usados para evitar a gravidez são o DIU de cobre e a camisinha, sendo que ambos são fornecidos gratuitamente pelo SUS. Além de métodos comportamentais, de percepção da fertilidade e métodos de barreira, como o diafragma, por exemplo. Enfim, em caso de dúvidas, o ideal é consultar um ginecologista.

Como parar de tomar anticoncepcional: efeitos colaterais

O anticoncepcional hormonal tem a função de interromper o ciclo menstrual temporariamente e fazer com que os ovários parem de produzir hormônios. Dessa forma, ao parar de tomar anticoncepcional o ovário volta a produzir hormônios e o ciclo reinicia. Além disso, o corpo pode começar a funcionar de maneira diferente. Sendo assim, alguns dos efeitos colaterais mais comuns são:

1- Ciclo menstrual desregulado

Poupa Farma

Um dos efeitos colaterais mais comuns ao parar de tomar anticoncepcional é o ciclo menstrual desregulado por um determinado período.  Inclusive, pode acontecer do ciclo menstrual atrasar de 1 a 3 meses. No entanto, isso vai depender do corpo de cada uma, sendo que nem todas apresentam ciclos desregulados. Enfim, é normal, afinal o seu corpo está se habituando novamente.

2- Oleosidade, acne e pelos

Diário ao Vivo

Outro efeito colateral muito comum é a alteração da pele que fica mais oleosa, os pelos que crescem e engrossam, e o cheiro tende a ficar mais forte. Isso acontece devido ao aumento da testosterona, que estava bloqueada pelo anticoncepcional.

Sendo que, a pele costuma ser a mais afetada, principalmente entre 3 e 6 meses após interromper o uso. Pois, com o aumento da oleosidade, também aumenta o surgimento de acnes.

3- Libido

Metrópoles

Muitas mulheres reclamam que anticoncepcional hormonal diminui a libido (desejo sexual). Dessa forma, ao parar de tomar anticoncepcional o corpo volta a ter um equilíbrio hormonal. Da mesma forma, a libido também volta ao normal. Enfim, isso acontece graças à produção de testosterona, responsável pela lubrificação, excitação sexual, humor e saúde do corpo.

4- Cólica e TPM

Revista Abril

Normalmente, o uso de anticoncepcionais diminui as cólicas e o fluxo menstrual. Sendo assim, tem mulheres que temem parar de tomar anticoncepcional e as cólicas voltarem, assim como a TPM. Mas, isso vai depender do corpo de cada uma. Dessa forma, as dores podem voltar com tudo, ou talvez não apareçam. Enfim, caso as cólicas incomodem muito, você pode recorrer a remédios ou outras opções naturais para ajudar a aliviar.

5- Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP)

BBC

A SOP trata-se de uma síndrome metabólica, sendo que sua causa não está nos ovários, eles apenas manifestam sintomas da síndrome. Ademais, o simples fato dos ovários apresentarem aparência policística, não se caracteriza como SOP. Portanto, caso você tenha sido diagnosticada com SOP após a realização de apenas um ultrassom transvaginal, é preciso procurar uma segunda opinião com um endocrinologista.

Enfim, a SOP não tem cura, no entanto, pode ser controlada com a ajuda de uma dieta balanceada e a prática de atividades físicas. Além disso, o anticoncepcional não trata a SOP, mas, ajuda a reduzir os sintomas dos tipos mais comuns da síndrome.

Agora que você já sabe como parar de tomar anticoncepcional, procure a orientação de sua ginecologista para te ajudar com quaisquer dúvidas que você venha a ter. Além de indicar um novo método contraceptivo para substituir o antigo.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Anticoncepcional começa a fazer efeito depois de quanto tempo?


Outras postagens

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários