Saúde

O que é prolactina? Identificação do hormônio e tratamentos

Você sabe o que é prolactina? Em síntese, ele é um hormônio essencial para as mulheres grávidas, mas também pode aparecer em homens.

Quando se ouve falar de prolactina, logo se pensa em amamentação, não é mesmo? No entanto, esse hormônio possui outras funções para o corpo feminino que vai muito além da produção de leite em gestantes. Mas, afinal, o que é prolactina? Bom, de modo geral, a prolactina é um hormônio produzido pela glândula hipófise, localizada no cérebro.

Primeiramente, é importante enfatizar que o exame de prolactina é algo fundamental para verificar os níveis do hormônio no organismo. Em geral, o valor deve ser em média, de 20 ng/mL (exceto nas mulheres grávidas e em período de amamentação). Caso o nível de prolactina esteja desregulado, é possível que haja vários problemas tanto no organismo de mulheres, quanto no de homens.

Portanto, fique por dentro sobre o que é a prolactina, como é feito o exame, além das causas que a alteração do hormônio pode causar no corpo.

O que é prolactina

O que é prolactina?
Clinica Proser

A prolactina é um hormônio produzido pela hipófise, presente na parte inferior do cérebro. Entre suas principais funções, está:

  • Responsável por produzir o leite materno para a amamentação;
  • Favorece a manutenção dos níveis de imunidade no corpo da grávida;
  • Impede a reprodução durante a lactação;
  • Produz diversos efeitos no metabolismo, mantendo os níveis de glicose e dos lipídios;
  • Diminui a excreção renal de sódio e potássio e aumenta a liberação de cloreto de sódio no suor;
  • Aumenta a absorção intestinal de água e íons.

Exame de prolactina

O que é prolactina? Tudo que você precisa saber sobre o hormônio

O exame feito para identificar o nível de prolactina no corpo é realizado através da coleta de sangue, em laboratórios.

Primeiramente, antes de realizar o exame, é preciso ficar ao menos 1 dia sem fazer atividade física, não fumar e repousar por 30 minutos.

Hormônio alterado

Quando o valor da prolactina está a abaixo do normal (20 ng/ml), não é motivo de preocupação. No entanto, deve se tornar um problema caso o nível do hormônio esteja baixo em mulheres amamentando, já que isso diminui a capacidade de produção de leite.

Ademais, caso a sua prolactina esteja alta no organismo, é preciso que seja feito um tratamento com o médico ginecologista.

Sintomas da prolactina alta:

  • Galactorreia;
  • Amenorreia;
  • Perda de libido;
  • Infertilidade;

Tratamentos

Tratamento para o hormônio
Cartão Ideal

Antes de tudo, quando a prolactina está alta é preciso fazer exames para descobrir a causa disso que, inclusive, pode ser devido a algum tumor. Portanto, o tratamento mais indicado é o cirúrgico.

Entretanto, na maioria dos casos, o tratamento pode ser feito através de medicações que inibem a produção do hormônio.

Prolactina nos homens

Foto: Haddad Astolfi

Diferente do que muitos pensam, a prolactina também está presente no organismo masculino. Primeiramente, suas principal função é agir como um relaxante corporal após o orgasmo.

Além disso, do mesmo modo que em mulheres, o alto nível do hormônio, pode causar diversos problemas no organismo masculino, como, por exemplo: impotência sexual, perda da libido e infertilidade.

Então, o que achou da nossa matéria? Aliás, confira também: Estrogênio – O que é, para que serve e como influencia a saúde da mulher.

Fontes: Trocando fraldas, Vita Llogy, Labvw, Minha vida.

Fontes das imagens: Haddad Astolfi, Cartão Ideal, Inerp, 123rf, Clinica Proser.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você