Riscos do absorvente interno: dúvidas, cuidados e perigos

Quando utilizado corretamente, não existem riscos do absorvente interno. Este é um método muito seguro e higiênico de controle da menstruação

Quando utilizado corretamente, não existem riscos do absorvente interno e, inclusive, este é um método bastante seguro e higiênico de controlar a menstruação.

Entretanto, alguns cuidados são necessários para que seu uso não se transforme em um problema e venha a oferecer mais transtornos que benefícios.

O absorvente interno é uma forma bastante prática de passar pelo período menstrual sem acidentes ou contratempos e muitas mulheres, inclusive, preferem usar este absorvente no lugar do absorvente externo em virtude do conforto e bem-estar que ele oferece.

E você, prefere o absorvente interno ou o externo?

Para ficar por dentro de tudo sobre o uso de absorventes internos e também conhecer os seus riscos, cuidados e perigos vem com a gente.

Praticidade do absorvente interno

Os absorventes internos são uma excelente solução para você que busca conforto, praticidade e discrição durante o período menstrual, uma vez que, podem ser usados nas mais diversas situações, como por exemplo, clubes, praias, durante o treino e até com aquele lookinho que não cai bem com o absorvente externo.

Além de oferecerem todos esses benefícios, eles ainda oferecem conforto durante seu uso e, normalmente, quando alguém reclama de desconforto é porque o absorvente foi colocado da forma errada, que consequentemente, pode ser corrigida.

Eles, enfim, são muito mais seguros que os absorventes externos. Afinal, se usados corretamente, as chances de acidentes são muito menores que as dos externos.

Afinal, quem nunca sofreu aquele incômodo vazamento durante o uso do absorvente externo e precisou amarrar o moletom na cintura para esconder o estrago, não é mesmo?

Como usar corretamente e evitar riscos do absorvente interno

Riscos do absorvente interno: dúvidas, cuidados e perigos

Para usar o absorvente interno com segurança e evitando riscos de contaminações ou de desenvolver infecções na sua região íntima, alguns cuidados precisam ser tomados.

Na hora de colocar ou tirar o absorvente interno, lembre-se de sempre estar com as mãos limpas.

Afinal, as mãos são a parte mais “suja” do corpo.

Outra atitude essencial para manter a segurança é trocar o absorvente de 4 em 4 horas, pois assim, você evita que acidentes aconteçam. 

Além de evitar as contaminações e manter a sua região vaginal saudável.

Outro ponto que precisa ser observado é o tamanho do absorvente, pois o tamanho incorreto pode provocar coceiras, corrimentos, machucar as paredes da vagina e, consequentemente, trazer as terríveis infecções.

Riscos de dormir com o absorvente interno

Riscos do absorvente interno: dúvidas, cuidados e perigos

Para evitar riscos à saúde não utilize o absorvente interno para dormir. É muito importante se atentar a isso. Viu?!

Sua indicação é de uso por até 4 horas, pois dessa forma, é possível evitar infecções vaginais.

Assim, mesmo que seu fluxo seja pequeno, nunca ultrapasse as 4 horas de uso do mesmo absorvente.

Também não use o tampão ou absorvente interno todos os dias. Especialmente em lugares mais quentes como o nosso país.

O ambiente vaginal já é um local bastante quente e úmido e pode ser o paraíso para bactérias e fungos. 

Portanto, todo cuidado é pouco para essa região.

Então, nada de ter uma longa noite de sono usando o mesmo absorvente. Tá?

Apesar de toda a segurança oferecida pelos absorventes íntimos internos, existem alguns riscos e vamos listar os principais para você.

Principais riscos do absorvente interno para a saúde

Riscos do absorvente interno: dúvidas, cuidados e perigos

Por mais que os absorventes íntimos sejam altamente seguros, nada na vida é 100% e, claro, existem riscos provocados pelo seu uso.

Confira os principais e fique de olho para se proteger e manter a sua saúde sempre segura.

Ressecamento e feridas 

Quando o absorvente interno é maior que o tamanho indicado, quando o fluxo é muito grande ou quando é usado fora do ciclo menstrual, ele pode provocar ressecamento na parede vaginal, microulcerações e, ainda, descamações na vagina.

Por isso, muita atenção ao uso correto desse tipo de absorvente.

Síndrome do Choque Tóxico

Essa, definitivamente, é a doença mais grave provocada pelo uso dos absorventes íntimos internos.

A Síndrome do Choque Tóxico é uma doença rara e que pode até provocar a morte da mulher. 

Essa enfermidade é causada pelo uso do mesmo absorvente interno por mais tempo que o indicado e provoca feridas no canal vaginal, além de alta proliferação de bactérias.

Então, muito cuidado! 

Alteração do pH vaginal

Riscos do absorvente interno: dúvidas, cuidados e perigos

Como o absorvente interno fica por muito tempo dentro da vagina, ele acaba absorvendo não só o fluxo menstrual, mas também, a umidade da região.

Isso acaba provocando a alteração do pH da vagina.

A alteração do pH pode provocar a redução da imunidade e ainda favorecer que infecções acometam a região.

Dessa forma, fique atenta!

Riscos de infecções

Caso você não respeite o tempo de uso e troca do absorvente interno, o acúmulo de sangue exagerado pode favorecer o risco de infecções.

Portanto, sempre respeite o período de uso e troca de até 4 horas.

Perigos de dormir com absorvente interno

Para dormir, não utilize o absorvente interno. Pois, por segurança, é indicado que haja troca a cada 4 horas e normalmente dormimos mais do que isso.

Só devemos usar o absorvente interno até esse limite de horas, mas normalmente, dormimos cerca de 8 horas.

Assim, é realmente necessário que você durma com um absorvente externo, a fim de evitar os perigos já citados até aqui.

Riscos de contaminação

A vagina é uma região extremamente úmida e quente, o que favorece altamente a proliferação de bactérias.

Dessa forma, tome os devidos cuidados para que não haja contaminação no local e para que você não leve bactérias da parte externa para a interna.

Portanto, nunca se esqueça de higienizar as mãos antes de fazer uso desses absorventes.

Maiores riscos para quem tem fluxo menstrual alto

Para as meninas que têm um fluxo muito alto, o absorvente interno não é a melhor indicação e é preferível a escolha pelos absorventes externos.

Ademais, por concentrar um alto nível de sangue dentro da vagina, o uso dos internos pode provocar uma maior facilidade de contaminação por bactérias.

Além disso, quanto mais alto o fluxo, mais altos os riscos de vazamento. Mesmo que esse absorvente seja altamente seguro.

Risco de alergias

Apesar das chances serem pequenas, os absorventes íntimos internos podem sim provocar alergias.

Porém, elas acontecem devido às substância contidas na fabricação do produto.

Às vezes, acontece da mulher usar os absorventes, ter alguma reação alérgica e nem se dar conta de que tem alergia a algum dos elementos usados em sua composição.

Procure o médico, portanto, em caso de reações alérgicas para que as causas possam ser investigadas adequadamente.

Consulte seu ginecologista também antes de usar o absorvente pela primeira vez, pois assim, você evita os riscos de algum problema mais grave.

Gostou? Leia mais sobre métodos para controlar a menstruação em Como usar coletor menstrual? O que é, como retirar e cuidados


Outras postagens

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
1 Comentário
Antigos
Novos Mais votados
Feedbacks
Ver todos os comentários
Adriana Minami
Adriana Minami
5 de dezembro de 2021 08:37

Tem absorvente orgânico agora, como o da marca amai que é muuuuito mais confortável e seguro que qualquer coisa!