Cinema & Séries

Nova versão de Rebelde é lançada pela Netflix

A nova versão de Rebelde já foi lançada pela Netflix, e ela promete agradar os fãs da versão original da novela mexicana.

Os fãs de Rebelde já podem comemorar, pois nesta quarta-feira (5), a Netflix finalmente lançou a primeira temporada da nova versão de Rebelde. A trama também se passa na Elite Way School, como na versão mexicana, escola que acompanhou muitos durante a infância e adolescência.

Afinal, a novela foi um sucesso no Brasil entre os anos de 2004 e 2006. O SBT, canal que exibia os episódios, rendeu ótimos frutos de audiência com as gravações. Agora, 14 anos após o fim da produção de Pedro Damian, uma continuação da história surge.

Dessa forma, a plataforma de streaming oferece uma nova geração de Rebeldes. Além disso, mesmo que os antigos e icônicos personagens de RBD só sejam citados, alguns daqueles que inspiraram a história voltaram.

Esse é o caso de nomes como Celina Ferrer e Pilar Gandia, interpretadas por Estefanía Villarreal e Karla Cossío. Na história original de 2004 novela, Celina, personagem que enfrentou problemas de obesidade, agora é a diretora da escola de riquinhos.

Enquanto isso, Pilar Gandia é a mãe de um dos protagonistas da história, Luka Colucci. O sobrenome não é nenhuma coincidência: Luka é primo da patricinha Mia Colucci, uma das personagens principais vividas por Anahí na versão original.

Seja como for, diferente do que a Record TV fez em 2010, ao criar uma versão brasileira da novela, a Netflix promete ir muito além. O novo Rebelde não é apenas uma continuação da versão mexicana, como também uma homenagem aos fãs que se dedicaram ao grupo de 2004 até 2008, e muito mais.

Nova versão de Rebelde promete agradar os fãs

Assim, o tema da abertura da nova versão de Rebelde, por exemplo, é o mesmo interpretado pelo RBD, e outros hits também já estão confirmados na playlist. Contudo, outros sucessos internacionais também devem ganhar sua vez no repertório da novela.

Todas as músicas que devem aparecer não são sem motivo. Na versão da Netflix, o RBD é agora um exemplo na Elite Way, e a escola investe em seus talentos musicais. Várias homenagens ao grupo de Anahi, Alfonso Herrera, Dulce María, Christopher, Christian e Maite Perroni são feitas.

O roteiro também recebeu outros revivals, como é o caso da “Seita”. Ela é formada por um grupo de alunos de nariz em pé, que insiste em perseguir os bolsistas da instituição.

Dessa forma, após 17 anos desaparecidos, eles voltam para aterrorizar os novatos. Além disso, uma atriz brasileira deve dar as caras no elenco: Giovanna Grigio interpreta Emília, uma personagem interesseira que não desiste enquanto não ganha uma discussão.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você