Casa & Decoração

21 espécies de plantas super fáceis de cuidar e ter em casa

Se você sempre quis cultivar plantas em casa mas sempre teve medo de dar muito trabalho, saiba que existem diversas espécies de plantas fáceis de cuidar. Confira.

Hoje em dia, com uma vida cada vez mais corrida e urbana, a gente acabou se afastando um pouco da natureza. No entanto, mesmo vivendo na cidade, as pessoas estão buscando cada vez mais formas de se conectar com a natureza. Nesse sentido, cultivar plantas em casa tem sido a forma encontrada pelas pessoas de manter algo verde e vivo no ambiente. Por isso, hoje vamos falar sobre plantas fáceis de cuidar.

Além de bonitas, as plantas dão um ar de “lar” à casa, além de proporcionar uma sensação de aconchego. Contudo, são também uma ótima forma de decorar o ambiente, deixando-o mais sofisticado e agradável.

No entanto, se você procura por plantas para decorar sua casa, saiba quem nem todas as espécies se adequam à essa necessidade. Por outro lado, existem uma enorme variedade de plantas fáceis de cuidar e quem necessitam de pouca manutenção para permanecerem bonitas.

Sendo assim, selecionamos 21 espécies de plantas charmosas e fáceis de cuidar para você ter em casa. Tem opções para todos os gostos, confira!

21 Plantas Fáceis de Cuidar

1. Hibisco

Fonte: Mercado Livre

Começando pelo hibisco, uma das plantas mais comuns em jardins. Com flores de várias cores, essa é uma opção para quem é apaixonado por flores.

São plantas fáceis de cuidar porque florescem em qualquer tipo de solo. Além disso, são resistentes à falta de água e aguentam fortes chuvas. Outra vantagem do hibisco, é que a planta pode ser cultivada tanto no sol, quanto em meia-sombra, sendo ideal para ficar próximo à janela.

Sendo assim, se você for cultivar a planta no jardim, ela não demanda poda. Porém, se for plantada em um vaso, requer a retirada dos galhos secos com certa frequência.

2. Samambaia

Fonte: Tua Casa

A samambaia é a queridinha de muitas residências, justamente pela sua beleza e praticidade.

Como é uma planta volumosa, com folhas longas e pendentes, você pode pendurá-la ou colocá-la em lugares mais altos. São ideais para decorar uma varanda, por exemplo.

Como uma planta fácil de cuidar, para garantir o seu bem-estar, basta deixar a samambaia em um lugar com espaço e iluminação natural, e claro, regá-la com certa periodicidade.

3. Orquídea

Fonte: Gazeta do Povo

As orquídeas são uma das plantas mais dadas como presentes em datas comemorativas, como o Dia das Mães. Além de muito bonitas, algumas espécies de orquídeas são bastante duráveis e de fácil manutenção.

Com flores de variadas formas e cores, as orquídeas proporcionam um toque colorido e agradável seja para casa ou jardim. Contudo, por mais básico que seja os cuidados com essas plantas, elas precisam ser regadas com certa frequência, de 2 a 3 vezes por semana.

Por fim, como a sua floração depende extremamente da sua adaptação ao ambiente, o ideal é cultivá-las em locais iluminados, porém sem que a luz do sol chegue diretamente a elas.

4. Lírio da Paz

Fonte: Plantas de Casas

Seja pelo seu nome ou pela sua aparência agradável, o lírio da paz é uma planta que proporciona um ar de tranquilidade e harmonia para o ambiente.

Mais do que isso, o lírio da paz também é uma das plantas fáceis de cuidar porque não precisa de muita atenção. Contudo, é mais recomendada para se cultivar em lugares com climas praianos.

5. Palmeira-ráfia

Fonte: Pinterest

A palmeira-ráfia é uma das plantas mais procuradas para paisagismo de jardins, varandas e muros. Porém, é uma planta muito versátil, podendo ser cultivada tanto em ambientes abertos, quanto em locais de sombra ou luz difusa.

Quanto aos cuidados, é uma planta que não precisa de muita água. Sendo assim, o ideal borrifar água em suas folhas uma vez por semana, e regá-la quinzenalmente.

6. Violeta

Fonte: Decor Fácil

A violeta é mais uma das plantas fáceis de cuidar. O maior diferencial dessa planta são as flores, que são ótimas para colorir qualquer ambiente, trazendo um ar mais vivo e agradável.

Devido ao seu tamanho compacto, a violeta é uma das queridinhas para quem mora em apartamentos. Como não precisa receber sol diretamente, ela pode decorar qualquer parte da casa.

7. Zamioculdas

Fonte: Jardilandi

A Zamioculdas é uma das plantas mais resistentes à falta de água, sendo assim, os intervalos para regá-las poderão ser mais longos. Claro, que um intervalo espaçado moderado, afinal, todos seres vivos precisam de água para viver.

Outra vantagem das Zamioculdas é que não precisam de muita luz para se desenvolverem. Ou seja, elas crescem bem em ambientes internos, com sombra ou pouco iluminados.

Aliás, é a planta ideal para quem tem pouco tempo e, às vezes, se esquece de regar as plantas.

8. Palmeira Areca

Fonte: Sítios da Mata

A palmeira areca é muito usada na decoração de salas e ambientes fechados. Contudo, por ser uma planta grande, o ideal é colocá-la em um local com espaço, para que ela não atrapalhe a circulação.

Por sua vez, a palmeira deve receber luz solar direta, e ser regada ao menos uma vez por semana.

9. Chamaedorea

Fonte: Vivo Plantas

A chameadorea é uma espécie menor de palmeira. Em suma, demanda uma baixa manutenção, fazendo dela uma das plantas fáceis de cuidar.

Sendo assim, pode ser cultivada tanto em vasos quanto diretamente no solo, em jardins. Essa planta, aliás, se desenvolve muito bem em ambientes internos, até porque o ideal é mantê-la em locais com pouco sol e muita sombra.

Mas, a chameadorea precisa que o solo esteja sempre úmido. Por isso, o ideal é regá-la pelo menos duas vezes por semana.

10. Cróton

Fonte: Mercado Livre

O que mais chama a atenção nessa planta é a sua variedade de coloração, com folhas em tons verdes, roxos e amarelos. O cróton é uma planta muito charmosa, que garante a qualquer ambiente uma sensação de leveza e tranquilidade.

Devido às suas folhas rígidas, essa planta é quase que uma escultura, sendo uma ótima escolha para decorar a sala, por exemplo. No entanto, como ela precisa de muita luz para sobreviver, é importante posicioná-la em um local que receba luz.

11. Onze-horas

Fonte: Tri Curioso

As chamadas onze-horas são plantas fáceis de cuidar porque são pouco exigentes, gostam de ficar ao sol e florescem o ano todo.

Contudo, também podem ser cultivadas em meia-sombra, sobrevivendo bem a ambientes internos. Se for cultivada em canteiros, é importante regá-las de duas a três vezes por semana, o que pode ser menos frequente quando plantadas em vaso.

12. Árvore da Felicidade

Fonte: Casa e Festa

A árvore da felicidade, por sua vez, é uma planta que carrega uma forte simbologia. Sendo assim, acredita-se que ela traga alegria e harmonia ao ambiente.

É uma ótima escolha para complementar a decoração da sala. Contudo, deve ser posicionada em um lugar onde possa receber luz do sol.

13. Agave

Fonte: Plantas e Folhagem

A agave é comumente utilizada em jardins, para compor a paisagem junto a outras plantas. Muito versátil, é uma planta que pode ser cultivada tanto em vasos, quanto jardins. Contudo, deve ser colocada em um local onde possa receber luz do sol.

Também é uma boa opção para quem esquece de regar as plantas de vez em quando, porque é uma planta muito resistente à falta de água. Contudo, com intervalos não muito espaçosos.

14. Comigo-ninguém-pode

Fonte: GaúchaZH

O cultivo da comigo-ninguém-pode é muito simples, por isso é uma planta fácil de cuidar. O seu plantio é indicado para vasos grandes, podendo ser colocados tanto em ambientes internos quanto em áreas e varandas.

Contudo, seu crescimento é lento, mas é uma planta muito resistentes. Se dá bem em lugares com boa luminosidade e solo úmido. Outro detalhe, é que essa planta demanda uma atenção especial no verão, quando precisa de mais água.

15. Bambu da sorte

Fonte: João Bidu

Segundo a tradição chinesa, essa planta é uma ótima fonte de energia positiva e transmite boas vibrações.

Além disso, o bambu da sorte é uma espécie muito resistente, que não precisa de muita luz natural e cuidados específicos. Quanto a frequência da rega, pode ser feita de duas a três vezes por semana.

16. Pleomele

Fonte: Pinterest

A pleomele é uma planta rústica, ideal para pessoas que viajam muito, ou que simplesmente não têm tempo de estar sempre cuidado das plantas. Isso porque é muito resistente à falta de água, assim como às condições extremas, de muita luz ou falta dela.

17. Dinheiro-em-penca

Fonte: Astrocentro

A planta dinheiro-em-penca é outra das plantas fáceis de cuidar. Isso devido à sua vegetação de pequeno porte, ideal para a forração de jardins ou decoração de vasos.

Contudo, não é uma planta muito resistente ao sol. Por isso, é indicada para o cultivo à meia-sombra. Quanto à necessidade de água, a rega deve ser regular, para que o solo esteja sempre úmido.

18. Espada de são Jorge

Fonte: Veja

Essa planta, que tem sua origem na África, é considerada uma planta que ajuda na proteção dos ambientes. Também é conhecida como espada de Ogum, e, aliás, é bastante resistente a todos os tipos climáticos.

Entretanto, com relação a quantidade de regas, evite deixar o solo da planta muito úmido. Dessa forma, observe durante os dias como ela se comporta.

19. Antúrio

Fonte: PetzO antúrio é outro exemplo de planta rústica, bastante resistente. Por isso, ideal para ser cultivada em ambientes internos, sem receber muita luz do sol diretamente.

O seu maior atrativo são as suas flores, perfeitas para arranjos tropicais. Contudo, durante o verão, demanda mais água, o que pode ser reduzido durante o inverno.

20. Bromélia

Fonte: Blog Plantei

A bromélia é uma planta que chama a atenção devido as suas belíssimas flores coloridas. Elas, aliás, podem variar entre o verde, vermelho, amarelo, entre outras cores.

Também é uma planta muito resistente e versátil, podendo ser cultivada tanto em ambientes internos quanto em externos. A rega deve ser feita com cuidado, pois é ideal molhar não só as raízes, mas também as folhas, para manter o seu espaço central em contato com água.

21. Peperômia

Fonte: Flores e Folhagens

Além dessas, outra planta fácil de cuidar é a peperômia, outra planta resistente, e que não demanda muito cuidado, pois precisa de pouca água e luz.

Por ser uma planta que não se dá muito bem em contato direto com o sol, o cultivo em ambientes internos ou varandas, é o ideal. Contudo, no verão, demanda um pouco mais de atenção, quando fica mais seca e precisa receber mais água. A rega, por sua vez, pode ser feita de dois em dois dias.

Enfim, o que você achou dessas espécies de plantas fáceis de cuidar? Se você gosta do tema, confira também 10 plantas que vão te ajudar a repelir os insetos da sua casa. 

Fontes: Líder Interiores, Tua Casa

Fonte Imagem Destaque: Revista Galileu

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

1 1 vote
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você