12 alterações nas unhas que indicam problemas de saúde

Quando surgem marcas nas unhas ou deformidades, pode indicar que algo não está bem com sua saúde. Ou até mesmo Covid-19.

Naturalmente as unhas apresentam aspecto branco transparente com a base rosada. No entanto, em alguns casos podem surgir marcas nas unhas, sendo necessário recorrer a um dermatologista ou um clínico geral para realizar exames. Pois, o médico irá avaliar o seu caso e indicar o tratamento mais adequado.

Ademais, essas marcas nas unhas podem ser parte do processo natural de envelhecimento, ou resultado de alguma lesão. Por outro lado, pode ser sinal de alguma doença. Por exemplo, deficiência de vitaminas, alterações hormonais, infecções por fungos, diabetes, doenças cardíacas e pulmonares ou câncer. Ou até mesmo Covid-19.

Em suma, o surgimento dessas marcas nas unhas ocorre em detrimento dos problemas de saúde que afetam a oxigenação no organismo. Além disso, também afetam o processo de crescimento e desenvolvimento das unhas. Logo, surgem diversas marcas nas unhas, alterando o formato, cor e resistência.

Tipos de marcas nas unhas

1- Marcas nas unhas podem ser sinal de Covid-19

12 alterações e marcas nas unhas que indicam doenças (além de Covid)
Catraca Livre

Com o surgimento da pandemia da Covid-19 os cientistas realizaram diversos estudos e analisaram os padrões de sintomas do vírus no organismo. A princípio, prevalece sintomas como perda de olfato, paladar, tosses secas e dores de garganta. Porém, com novos estudos descobriram que podem surgir também marcas nas unhas.

Ademais, o cientista que realizou o estudo foi Tim Spector, através do aplicativo ZOE COVID Symptom Study. Em síntese, esse aplicativo rastreia os sintomas recorrentes em mais de 4 milhões de usuários em todo o mundo. Diante disso, ele concluiu que diversas pessoas possuíram marcas nas unhas como um dos sintomas. No entanto, Tim Spector afirmou que várias doenças infecciosas podem provocar esse sintoma.

Por outro lado, foi publicado no Canadian Medical Association Journal um estudo de um homem de 45 anos. Enfim, esse homem alegou a presença de marcas nas unhas das mãos e dos pés três meses e meio após ser diagnosticado com Covid-19. Então, conforme esse estudo, as marcas podem surgir meses após o contágio. Geralmente, são inofensivas e desaparecem com o tempo.

2 – Secas e quebradiças

Vix

As unhas que se quebram ou lascam facilmente estão relacionadas com o envelhecimento natural das unhas. No entanto, também podem ser resultado de alergias a produtos, como esmaltes, detergentes, sabonetes e produtos de limpeza.

Por outro lado, pode ser deficiência de ferro, ácido fólico, vitaminas A, B12 ou C. Visto que, são elas que produzem a proteína que garante força e resistência às unhas. Além disso, também protege de doenças, como psoríase, micose, hipertireoidismo ou anemia.

Portanto, nesses casos é importante evitar utilizar produtos que provoquem reações alérgicas. E, dar descanso as unhas, evitando fazer manicure por 2 semanas. Entretanto, em caso de permanência dessas marcas nas unhas é preciso recorrer a um dermatologista. Pois, ele irá avaliar e indicar o tratamento adequado.

3 – Unhas com manchas brancas

Vix

Marcas nas unhas com cor branca representam uma condição denominada leuconíquia. A princípio, surge devido a traumas locais, como pancadas em parede ou porta. Por outro lado, variações hormonais durante o ciclo menstrual também podem causar essas manchas.

Em resumo, as manchas brancas não são sinal de doenças. No entanto, podem surgir com o uso de doenças como vitiligo e hanseníase, ou alguns antibióticos.

Logo, para que essas manchas nas unhas sumam é preciso de tempo, para que elas cresçam saudáveis. Mas, se elas persistirem por muito tempo é preciso recorrer a um dermatologista.

4 – Manchas amarelas

12 alterações e marcas nas unhas que indicam doenças (além de Covid)
Dicas de Mulher

Marcas nas unhas de cor amarelada representam a presença de problemas de saúde em pessoas idosas. Ou também, efeito de alguns medicamentos no organismo, como antibióticos, ou contato com produtos de limpeza, e fumaça do cigarro.

Ademais, também pode ocorrer devido a ingestão em excesso de cenoura, abóbora e batata doce. Além disso, podem surgir em consequência de infecções de fungos, provocando onicomicose, ou por diabetes, psoríase, artrite reumatóide, cirrose, hepatite, ou bronquite.

Portanto, é imprescindível a necessidade de recorrer a uma ajuda médica, para tratar adequadamente.

5 – Unhas azuladas

12 alterações e marcas nas unhas que indicam doenças (além de Covid)
Mão Feita

As marcas nas unhas de tom azulado são provocadas pela baixa ou falta de oxigênio no sangue. Nesse aspecto, a membrana abaixo da pele fica com a cor púrpura. Ademais, essa condição se chama cianose, e é comum de acontecer em temperaturas frias.

No entanto, também pode ser consequência de problemas circulatórios. Por exemplo, a doença de Raynaud, alterações respiratórias, como enfisema, asma ou pneumonia ou doenças cardiovasculares, como insuficiência cardíaca.

Portanto, nesses casos é preciso ser feito o uso de luvas para aquecer. Ou, se persistir juntamente com crises respiratórias, recorra a ajuda médica, para que o problema seja solucionado rapidamente.

6 – Unhas avermelhadas

Folha Vitória

As marcas nas unhas de cor avermelhada podem ser sinal de inflamações provocadas por bactérias, vírus ou leveduras. Ademais, surgem devido a traumas, como remoção de cutículas, machucados, ou unha encravada.

Dessa forma, essa condição é denominada como paroníquia. Ademais, alguns casos podem gerar a formação de pus nas bordas das unhas.

Por outro lado, doenças cardiovasculares e pulmonares, pressão arterial alta, derrame cerebral, também podem ser a causa das unhas avermelhadas. Diante disso, consulte um dermatologista para que ele indique os antibióticos corretos para o tratamento.

7 – Unhas esverdeadas

Vix

As unhas esverdeadas, também conhecidas como síndrome das unhas esverdeadas, são provenientes de uma infecção gerada pela bactéria Pseudomonas aeruginosa. Ademais, ela pode surgir nas unhas dos pés e das mãos.

Geralmente, elas não provocam dores, mas a pele ao redor da unha pode ficar inchada, dolorida e vermelha. Logo, é necessário recorrer a um dermatologista e iniciar o tratamento recomendado por ele.

8 – Marcas nas unhas: linhas escuras

12 alterações e marcas nas unhas que indicam doenças (além de Covid)
Mega Curioso

Em suma, a melanoníquia acontece quando linhas escuras surgem nas unhas. Ademais, é mais recorrente em pessoas com pele escura. No entanto, também pode surgir devido o uso corriqueiro de medicamentos, como antibióticos ou zidovudina.

Em suma, essas linhas podem ter cor marrom, preta ou cinza, indo da base da unha até o topo. E, quando elas se desenvolvem com o passar do tempo pode ser sinal da produção de melanina. Isto é, um pigmento que fornece cor à pele. Portanto, é necessário procurar um dermatologista para tratar o problema de forma adequada.

9 – Unhas onduladas

Dicas Online

As unhas onduladas ocorrem devido ao envelhecimento do corpo, comum em pessoas idosas. No entanto, também pode ocorrer devido a doenças de pele, que tornam as unhas secas.

Por exemplo, a psoríase, líquen plano, dermatite atópica, alopecia areata e lúpus. Diante disso, ao apresentar essas marcas nas unhas procure um dermatologista para tratar.

10 – Marcas nas unhas: arredondadas

12 alterações e marcas nas unhas que indicam doenças (além de Covid)
Dicas de Saúde

As unhas arredondadas, e com as pontas dos dedos curvadas, podem se formar lentamente ao longo do tempo. Por isso, é possível que muitas pessoas não percebam essa transformação. Desse modo, pioram com o tempo, e começam a inchar e causar desconfortos.

Em suma, isso pode ocorrer por baixa oxigenação no sangue, proveniente de doenças cardiovasculares e pulmonares. Ou também, por doenças hepáticas, inflamatória intestinal ou infecção pelo HIV.

Portanto, realize uma consulta com um clínico geral para que ele avalie e peça exames. Assim sendo, ele analisará sua situação, encontrará a fonte do problema e recomendará o tratamento correto.

11 – Unhas viradas pra cima

Vix

As marcas nas unhas que as deixam viradas pra cima, conhecido como coiloníquia, representam uma condição que elas se projetam pra fora como uma colher. Ademais, costumam ocorrer como sinal de que a circulação sanguínea não está alcançando o centro da unha como deveria.

Logo, representa um sintoma da falta de ferro, de problemas cardíacos ou hipotireoidismo. Portanto, procure um dermatologista ou clínico geral para identificar a causa e começar o tratamento devido.

12 – Unha descolando

12 alterações e marcas nas unhas que indicam doenças (além de Covid)
Dicas de Saúde

A unha descolando é chamada de onicólise, pode ser o descolamento parcial ou total das unhas do pé ou da mão. Ademais, é comum que ocorra pelo uso de sapatos apertados, limpeza excessiva das unhas ou alergias a produtos de limpeza.

Por outro lado, também pode ser resultado da infecção de fungos, doenças como psoríase ou hipertireoidismo, ou uso de alguns medicamentos, como captopril ou retinóides.

Diante disso, evite utilizar sapatos apertados ou exagerar na limpeza das unhas. E também, evite o contato direto com produtos de limpeza, utilize luvas para manusear.

Mas, caso esse deslocamento não melhore, recorra ao diagnóstico de um dermatologista para que ele possa indicar o tratamento mais adequado.

Então, se você gostou dessa matéria, leia também: Como fortalecer as unhas – Principais cuidados + receitas caseiras.


Outras postagens

5 1 vote
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários