8 motivos que podem explicar sua coceira nos seios

Uma coceirinha pode até ser boa no começo, mas se permanece por muito tempo passa a incomodar. Ainda mais quando se trata de coceira nos seios, já que a pele dessa região costuma ser bem sensível e você pode acabar se machucando caso use as unhas para aliviar a irritação, por exemplo.

Porém, mais que o incômodo, se você está sentindo coceira nos seios ou nos mamilos, o mais indicado é investigar. Conforme especialistas, apesar de não parecer algo mais sério, a irritação na pele nessa região do corpo feminino pode ser sinal de alerta para uma série de problemas.

Até mesmo câncer pode começar a dar sinais por meio da coceira nos seios, sabia? Mas, claro, situações menos sérias, como a falta de hidratação na região também podem ser sinalizadas pela irritação e pela coceira, dentre outros fatores, como você vê logo abaixo.

Confira 8 motivos que podem explicar sua coceira nos seios:

1. Ressecamento

Pouca gente se preocupa em hidratar essa região do corpo, mas a verdade é que a pele dos seios é muito sensível. No frio, então, a situação fica ainda pior devida ao clima seco, as temperaturas baixas e os banhos quentes. Tudo isso pode causar coceira nos seios.

Por isso, sempre que for usar hidratante, não esqueça de cuidar dos seus “meninos”.

2. Falta de cuidados na hora do banho

Segundo especialistas, não é recomendado fazer esfoliações nessa parte do corpo, a não ser sob indicação médica. Além disso, os sabonetes menos agressivos são aqueles a base de glicerina.

Na hora de se secar, o melhor também é utilizar toalhas felpudas para não machucar ou irritar a pele, evitando assim a coceira nos seios.

3. Tipo de tecido do sutiã

Não use lingeries que incomodam e causam coceira nos seios, por mais linda que ela seja. Isso pode progredir para uma alergia, por exemplo.

Agora, se você não conseguir desapegar de jeito nenhum ou se todas seus sutiãs estão causando irritação ultimamente, você pode comprar um protetor de aréola adesivo, por exemplo.

4. Escova progressiva

Conforme especialistas, o problema não está, exatamente, em fazer o procedimento, mas em deixar o produto escorrer pelo corpo na hora do banho, na primeira lavagem dos fios, por exemplo. O formol irrita a pele e pode causa coceira nos seios.

5. Sutiãs mal-lavados

O suor, naturalmente, proporciona a proliferação de fungos e de bactérias, que podem causar uma série de consequências ruins, como mau odor, micoses e furúnculos. Como a mama é uma glândula sudorípara, é normal que se transpire bastante nessa região.

É por isso que se deve ter cuidado na hora de lavar sutiãs, tops e outras peças que ficam em contato direto com os seios. Repetir sutiã por vários dias também não é nada indicado, assim como no caso das calcinhas, como você também já conferiu aqui (clique para relembrar).

6. Alterações hormonais

TPM e gravidez podem ser uma das causas por trás das variações hormonais que, por consequência, podem levar à coceira nos seios. Isso acontece, segundo os especialistas, porque nessas fases a produção de hormônios estimula a circulação nas mamas, sem contar a expansão dos tecidos dos seios, durante a gravidez, que também pode causar irritações na região.

7. Dermatite

Coceira nos seios também pode ser causada por problemas dermatológicos, como a dermatite atópica, um problema que causa irritação e vermelhidão na pele. Mas, o problema tende a melhorar direitinho com o tratamento correto.

8. Câncer

Se sua coceira nos seios vem acompanhada de descamação excessiva da pele e se não apresenta melhora com os tratamentos tradicionais, procure um médico o mais rápido possível. Esse pode ser um sinal de câncer, especialmente se a região fica vermelha.

E então, conseguiu identificar o provável motivo por trás da coceira nos seios ou nos mamilos que você costuma sentir? Não deixe de comentar!

Agora, falando sobre sua “comissão de frente”, você pode se interessar em conferir ainda: Seios pequenos: 5 coisas que você precisa saber se tem pouco peito.

Fonte: Boa Forma