Saúde

Alimentos probióticos, o que são? Como funcionam e benefícios

Picles, iogurte, kefir, leite fermentado, kombucha, são alguns dos alimentos probióticos, ricos em microorganismos que fazem bem à saúde.

Por Laura Magro

Probiótico significa “pró-vida”. Esse termo está presente também quando falamos de alimentação. Desse modo, os alimentos probióticos não são nada mais do que alimentos que contêm micro-organismos vivos, que são benéficos para o corpo, como algumas bactérias e leveduras.

Ao contrário do imaginário comum, esses alimentos não contêm pequenos seres vivos que prejudicam a saúde. Na verdade, esses seres ajudam a regular a flora intestinal, como os lactobacilos (grupo das bactérias), por exemplo.

Entretanto, os alimentos probióticos são mais consumidos por nós do que imaginamos. Por exemplo, os iogurtes, leite, kombucha, picles e outros produtos são os ricos em probióticos. Contudo, não é totalmente recomendado pela ciência consumir esses alimentos se você não estiver em bom estado de saúde, pois pode haver efeitos colaterais.

Alimentos probióticos

Os probióticos são ricos em microrganismos vivos. Entre eles, estão bactérias e leveduras. As bactérias mais comuns são os conhecidos Lactobacillus e Bifidobacterium. As leveduras mais comuns, que também são bactérias probióticas, são as Saccharomyces boulardii.

É importante esclarecer que alimentos probióticos são aqueles em que esses microrganismos atuam a partir da fermentação. Assim, significa que eles tornam os alimentos mais ácidos, pois esses bichinhos consomem os alimentos originais e soltam um ácido, geralmente o lácteo, que azeda os alimentos. Portanto, de forma regulada, eles faz bem para quem os consome, como os iogurtes.

Pexels

Como funcionam os alimentos probióticos

Os alimentos probióticos são benéficos a nossa saúde. Para esclarecer, é porque esses pequenos seres vivos melhoram o funcionamentos do intestino no geral. E como fazem isso? Resumindo, eles eliminam outros micro-organismos patógenos, que fazem mal, toxinas e, consequentemente, limpam o intestino. Da mesma forma, melhoram até a frequência de evacuação.

Alguns alimentos probióticos

Iogurtes

O mais popular entre os alimentos probióticos, o iogurte é feito com a fermentação das bactérias que existem no leite. Em suma, os microorganismos que estão no leite se alimentam do açúcar do leite, que é a lactose, e liberam um ácido. Assim, esse ácido (láctio) coalha o líquido e deixa ele mais firme e cremoso, levemente azedo. Assim, nasce o iogurte.

Alimentos probióticos – O que são, para que servem e benefícios

Leite fermentado

O leite fermentado tem lactobacilos vivos. Ele é muito bom para quem está com diarreia, pois repovoam a nossa flora intestinal, já que os lactobacilos ficam bem ativos, tornando-o probiótico.

Zallor

Shoyu

Esse molho clássico da culinária japonesa tanbém é probiótico. O shoyu é fermentado por micro-organismo. Usado como tempero para carnes vermelhas, de peixe e saladas, ele também tem ação antioxidante.

Alimentos probióticos – conheça 7 deles e seus benefícios
Coisas do Japão

Picles

Picles são aquelas conservas de vegetais. Ainda, ao contrário do que muita gente pensa, não são feitos apenas de pepino. Em suma, a cenoura, a couve-flor e outros podem virar conserva.

Resumindo, na salmoura em que o picles é colocado, a fermentação acontece mais ou menos de quatro a seis semanas. Os que são conservados em vinagres não são fermentados, então não são alimentos probióticos.

Pinterest

Kombucha

Esse nome estranho tem entrado em alta. O a bebida de kombucha é feita da fermentação do chá preto ou verde. Basicamente, uma colônia de bactérias e leveduras é responsável por tornar essa bebida probiótica. Resumindo, essa bebida é muito energética e saborosa, principalmente quando se adiciona frutas no meio da bebida, ela lembra um refrigerante saborizado.

Alimentos probióticos – O que são, para que servem e benefícios
Extra

Kefir

O kefir também é como um leite fermentado. É uma colônia de bactérias que forma “grãos”. Em primeiro lugar, quando essas bactérias são colocadas em qualquer leite, consomem a lactose dele e tornam o líquido mais grosso, mais ácido que o iogurte. Em segundo lugar, depois dessa rápida multiplicação que elas fazem, basta coar e consumir o líquido. Você pode misturar com açúcar, mel ou outras coisas para adoçar.

Pexels

Chucrute

Resumidamente, essa comida típica alemã é feita de repolho fermentado em salmoura, podendo levar outros vegetais. Em outras palaras, no chucrute os microorganismos naturais das plantas agem nessa fermentação. Por fim, além de ser probiótico, ele tem vitaminas K e C, além de conter poucas calorias.

Pixabay

Benefícios dos alimentos probióticos

Os alimentos probióticos podem ser muito bons para o funcionamento do corpo, de diferentes modos. Em suma, ajudam a melhorar e manter os micro-organismo do intestino de forma saudável.

Somado a isso, também ajudam a impedir que microorganismos que não fazem bem ao corpo se proliferem no trato digestivo. Desse modo, também conseguem tratar uma diarréia, por exemplo, os alimentos probióticos ainda ajudam a imunidade a aumentar.

Fontes: ECycle, LiveUp, Guia da Semana

Imagens: Pexels, Pixabay, Runtastic, Pinterest, Extra, Zallor, TriCurioso, Coisas do Japão

Próxima página »

Escolhidas para você