Saúde

Caroço na mama, o que é? Tipos, como avaliar e o que fazer

O caroço na mama ou nódulo mamário pode ser diagnosticado com diversos resultados. Existe vários tipos de doenças com essa características.

Atualizado em 15/10/2020

Em tempos de conscientização é sempre bom fazer o autoexame e identificar se há caroço na mama. O nódulo mamário é um pequeno sinal de alerta para que todas as mulheres de atentem e procure imediatamente um médico. Tudo pode ser mais simples se cada uma fazer o autodiagnostico inicial e correr atrás das próximas providencias.

A princípio, encontrar um nódulo na mama não significa que pode ser unicamente um caso de câncer. Existem outras constatações possíveis para este tipo de incidência. Por isso é tão necessário procurar a ajuda de um especialistas e fazer os exames corretos para um resultado mais exato.

Normalmente, logo após completar 40 anos de idade o melhor mesmo é ficar atenta. Faça os exames de prevenção e acompanhe de perto a sua saúde, pois um diagnóstico precoce pode acabar salvando a sua vida. Ou, em casos mais leves, permite o tratamento antecipado da doença e diminui sobretudo as chances de evolução para algo mais grave.

O que pode vir a ser o nódulo na mama?

Sociedade Brasileira de Mastologia

Existem primeiramente vários diagnósticos possíveis para um caroço na mama. Entre as possibilidades os especialistas dividem em dois grupos: benignos e malignos. O primeiro são casos curáveis, apesar de dolorosos. Ou seja, com tratamentos simples é possível acabar com o problema e seguir a vida normalmente.

Nos casos malignos como no câncer de mama o tratamento é mais intenso e precisa de acompanhamento médico rigoroso. Postando a chave para evitar qualquer um dos dois transtornos é praticar a prevenção por meio do autoexame.

Para um momento do seu dia e entre em profundo amor próprio. Esse momento de intimidade consigo mesma vai lhe fazer sentir-se cuidada e amada. Além disso, é através do autoexame que podemos descobrir facilmente se há algum indício de nódulo mamário. A princípio não se preocupe, porque o caroço na mama tem várias explicações.

Questões hormonais, inflamações,  fibrodenoma entre outras doenças são as mais recorrentes quando enfim surge o desagradável nódulo. Mas, nada que um bom tratamento não resolva. Agora, vamos entender como descobrir se há ou não o caroço na mama.

Como identificar o caroço na mama?

Toda Teen

Em geral, só precisamos de 15 minutinhos ou menos do seu dia para fazer o autoexame. O caroço na mama é facilmente sentido ao apalpar, portanto preste bem atenção no passo a passo a seguir. Este tempo consigo mesmo é fator decisivo para a saúde dos seus seios e dos seu corpo.

1 – Examinar todo o seio

M de Mulher

No geral, o primeiro passo é simples. Aproveite aquele banho após o dia de trabalho e debaixo no chuveiro comece a sua autoanálise. Vá se tocando, em ambos os lados, e perceba se há ou não a presença de algo estranho que não costuma estar lá. O caroço na mama é fácil de ser sentido, portanto, a qualquer sinal, memorize e faça os tópicos seguintes.

2 – Altere as posições do braço

Vix

Ao sair do banho se posicione em frente ao espelho com os braços paralelos ao corpo. Repare bem no tamanho e no formato dos seus seios. Veja se estão normais e se nada incomum apareceu. Feito isso, levante ambos e os braços e note também se não há nada de anormal. Esse movimento estimula o movimento dos músculos da região e permite visualizar melhor o panorama.

3 – Movimentos circulares

Imagens e Moldes

A seguir coloque primeiramente um dos braços atrás da cabeça. Com a mão oposta ao seu mamilo vá fazendo pequenos movimentos circulares nas mamas. Presta atenção a qualquer sinal de caroço na mama. Não é preciso força, porque o autoexame é suave não deve haver dor, somente um toque mais sensível.

4 – Posição deitada

M de Mulher

Logo após finalizar ambos os lados em pé e em frente ao espelho, assuma uma posição deitada. Não tem segredo! Faça a mesma coisa que já fez até aqui, mas aproveite também para dar uma verificada na região das axilas. Os mesmo movimentos circulares serão repetidos em ambos os seios para descobri se há ou não a presença de nódulos mamários.

Com dissemos, cada posição estimula alguma parte diferente do seu corpo, principalmente na região dos seios. Assim é possível sentir mais facilmente algum corpo estranho. Portanto não tenha vergonha de si mesma, o ato de se apalpar e se conhecer melhor é fundamental para a saúde.

5 – Aperte o mamilo

Conexão Amazônia

Por fim, mas não menos importante, pressione levemente o bico do seio e fique atenta para ver se sai algum tipo de secreção. Não somente os caroços na mama que evidenciam algum tipo de problema de saúde. O líquido imprevisto é também um alerta para procurar o seu médico e olhar direitinho o que se passa.

Tipos de nódulos na mama

Viva Bem

Agora que você já sabe como fazer o seu autoexame, vamos entender quais são as possibilidades de diagnósticos nos seus seios. Como dito, há vários tipos de nódulos na mama que podem significar inúmeras coisas e requer tratamentos específicos.

Nódulo no seio – Infecção nas mamas

Mulher Consciente

Além do câncer de mama outra doença que atinge essa região é a infecção mamária. Normalmente este casos são causados por bactérias e também podem gerar corpos estranhos semelhantes ao caroço na mama. Além disso, o sintoma pode vir acompanhado de coceiras e vermelhidões. Nos casos mais graves pode até haver o aparecimento de pus e se tornar bastante desconfortável para a mulher.

Nódulo no seio – Câncer de mama

Fabiosa

O caroço na mama mais temido pelas mulheres é com toda certeza o câncer de mama. É recorrente a o inchaço em toda a mama neste caso o nódulo mamário, em específico, tem a textura mais endurecida. As dores são parte deste processo de diagnóstico, mas isso não impede que haja ausência de sintomas. Por isso nunca deixe de fazer o autoexame e se tiver acima de 40 anos, lembre-se de voltar ao médico regularmente.

Nódulo no seio – Mastopatia diabética

dr.consulta

Este nódulo é um pouco mais complicado do que o comum, porque pode vir afetar ambas as mamas. Outra particularidade em relação a doença é que há mais casos diagnosticados em pessoa com diabete tipo 1. A princípio as dores não são sintomas iniciais, mas podem vir a aparecer de acordo com o agravamento do caso.

No geral, existe uma grande confusão em relação ao resulto confundindo-se bastante com câncer. O caroço na mama tem aspecto muito parecido com o tipo maligno, mas pode ser sim tratado. Portanto o melhor melhor é fazer o acompanhamento e tirar todas as dúvidas antes de ter conclusões precipitadas.

Nódulo no seio – Fibroadenoma

Febras GO

Esse é um tipo de nódulo na mama que também se enquadra em câncer, mas não é maligno. A princípio é muito comum encontrar estes casos em meninas mais jovens. São 3 possibilidade de texturas para o caroço sendo ele: duro, mole ou com aspecto de borracha. O tamanho é bem similar a uma pequena bolinha de gude, mas pode causar bastante desconforto.

Nódulo no seio – Alterações fibrocísticas

Global Med

O nosso seio possui uma membrana bem fininha no sei interior. As alterações fribrocísticas influencia diretamente nestes tecidos fazendo com que se torne sobretudo mais rígido. O ruim de ter este tipo de doença é que na idade mais avança ela dificulta o diagnóstico do câncer. Ou seja, os risco são maiores de fazer um diagnóstico preventivo.

Nódulo no seio – Lipoma

Drauzio

Muitas pessoas conhecem esse caroço na mama como um tumor benigno. A causa do surgimento deste nódulo mamário é decorrente do acúmulo do tecido adiposo que acaba sobrecarregando as fibras. Essas fibras ficam abaixo da pele. Diferente dos outros tipos de nódulos, o lipoma é inofensivo e raramente pode evoluir para o câncer.

Nódulo no seio – Cistos simples

Z Digital

Diferente dos nódulos comuns os cistos mamários são pequenas dilatações dos canais da mama. O que acontece é o acúmulo de líquido que pode também resultar em um conteúdo sólido. Isso gera outro tipo de característica para os casos de cistos. Portanto somente um exame profissionalizado para saber qual o real tipo.

Por fim, saiba mais sobre doenças Saúde da Mulher – Corpo, alimentação, mente e autoestima

Fontes: Tua Saúde, Comigo., Dicas de Mulher, Sociedade Brasileira de Mastologia, OncoGuia, Tua Saúde 2, Tua Saúde 3, Ada, Drauzio, Minha Vida

Fontes de imagens: Sociedade Brasileira de Mastologia, Kemp, Conexão Amazônia, Toda Teen, M de Mulher, Vix, M de Mulher 2, Febras GO, Viva Bem, Mulher Consciente, Fabiosa, Global Med, Drauzio, Unimede Ribeirão Preto, dr.consulta,