Saúde

Chapéu-de-couro: como fazer o chá, os benefícios e as contraindicações

Chapéu-de-couro é uma planta de ação medicinal, sem efeitos colaterais, exceto em casos específicos. Sabia para que ela serve e como preparar seu chá.

A planta chapéu-de-couro tem ação medicinal e pode ser utilizada para vários fins. Também conhecido como alismacéa, aguapé ou chá mineiro, a planta tem folhas grandes e duras, como o couro, por isso o nome. Seu nome científico é  Echinodorus grandiflorus.

A composição da chapéu-de-couro é rica em sais minerais e antioxidantes, por isso tem tantos benefícios diferentes. O melhor é que este o fato de ser natural, garante que não haja nenhum efeito colateral.

Para que serve o chá de chapéu-de-couro?

Conheça os benefícios da planta chapéu de couro
Fonte: YouTube

O chá da planta tem ação anti-inflamatória, antirreumática, adstringente, diurética, antiartrítica, anti-hipertensora e laxante. Incrível não é mesmo? Além de tudo isso trata também da tosse e de dores de garganta.

Como tem ação diurética, o chá é muito utilizado em pessoas que sofrem com  altos de ácido úrico e retenção de líquido. Além disso, é uma ótima opção para aqueles que sofrem com pressão alta.

E por incrível que pareça, o chá de chapéu-de-couro também traz benefícios para a pele. Isso porque ele ajuda a desacelerar o aparecimento de manchas em quem sofre como vitiligo, por exemplo.

Como preparar o chá-de-chapéu de couro?

Conheça os benefícios da planta chapéu de couro
Fonte: Ervanarium

Para preparar o chá é muito simples. Basicamente, você só vai precisar de 2 colheres (sopa) cheias e 1 litro de água fervente.

Então, para prepará-lo, esquente a água até que comecem a surgir bolhinhas no fundo da panela. Então, desligue o fogo e acrescente as folhas. Em seguida, é só tampar a panela e aguardar por 10 minutos e estará pronto.

O indicado é tomar o chá, no máximo 3 vezes ao dia, sem adoçar.

Para quem sofre com hérnias, dermatoses ou furúnculos também podem utilizar o chapéu-de-couro, mas não precisa preparar o chá. Basta amassar a folha e colocar diretamente no local afetado.

Contraindicações

Como você viu, a planta não tem efeitos colaterais, no entanto, tem algumas contraindicações. Pessoas que sofrem com pressão baixa, insuficiência cardíaca ou renal não podem consumir o chapéu-de-couro. Mulheres grávidas e lactantes também devem evitar o consumo.

Como plantar chapéu-de-couro

Além disso, a planta chapéu-de-couro pode ser plantada e cultivada por nós mesmos. Apesar de ser muito abundante na natureza, ela é uma planta considerada aquática, que vai muito bem em áreas alagadas e de rios. Por outro lado, ela é também bem resistente a ambientes secos.

Para comércio da planta, por ser uma espécie nativa, é necessário uma autorização das autoridades competentes. Por isso, procure lugares autorizados para comprar suas sementes ou mudas.

Assegure-se também de comprar mudas adaptadas ao clima e solo da sua região. Portanto, as plantas devem ter um espaçamento mínimo de 50cm entre uma e outra. Não há necessidade de adubação, dependendo do solo que você tiver.  Porém, mantenha seguro que o solo não seja contaminado.

Fonte: BioDiversity 4 All

Gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Chás para emagrecer – 7 melhores e como eles agem no organismo.

Fontes: Tua Saúde, A Revista da Mulher, Globo Rural.

Imagem de Destaque: Mercado Livre.

Imagens: Youtube, Ervanarium, Biodiversity 4 all.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
2 Comentários
Antigos
Novos Mais votados
Feedbacks
Ver todos os comentários
Hhh
Hhh
8 de fevereiro de 2022 23:56

Natural não faz mal kkkkkkkkkkkkk, vai estudar mais

Jose Luiz
Jose Luiz
5 de setembro de 2022 15:36
Responder para  Hhh

Quem não tem educação melhor não participar de mídias sociais, afinal o meio de comunicação são de todos, a página esta ai com utilidades necessárias com função de informar, se apresente para debates importantes a todos, não é preciso seus diplomas, só capacidade de interagir.


Escolhidas para você