Saúde

Temperos naturais: o que são, principais tipos e como usá-los!

Os temperos naturais, além de ótimos ingredientes para realçar e incrementar qualquer prato, também auxiliam na saúde do corpo humano!

Os temperos são utilizados na culinária de praticamente todo o mundo. Sendo usados para caracterizar um prato ou apenas para deixá-lo mais gostoso. Em uma cultura como a nossa, que preza por sua culinária única e saborosa, a ideia de não usar temperos em um prato parece assustadora. Além disso, certamente usa-se temperos naturais, que ajudam a dar um sabor indescritível aos nossos pratos.

Tais temperos, além de sabor, tem uma história incrível. Eles acompanharam os humanos desde suas origens neandertais. As provas históricas mostram que as civilizações primitivas usavam folhas para embrulhar as carnes, com o objetivo de preservar o alimento. Com essa prática, eles acabaram descobrindo que essas ações realçavam o sabor da carne.

Juntamente de folhas diversas, eles também usavam nozes, sementes, frutos e cascas. Conforme o tempo foi passando, descobriu-se também que esses temperos podiam ser usados para fins medicinais.

Atualmente, os temperos naturais mais usados são a cebola e o alho, que certamente fazem parte da dieta de todo brasileiro. Mas, você sequer sabe qual a “categoria” dos dois? Pois é, existem categorias entre os temperos! Sob o guarda-chuva dos temperos naturais, existem, geralmente, duas categorias: as ervas e as especiarias.

As ervas, como você pode imaginar pelo nome, são as folhas e os talos das plantas, geralmente sendo usadas frescas, como a cebola e a salsinha. Já as especiarias têm suas origens nos grãos e nas sementes secas, como a noz moscada e o açafrão. 

Na hora de ir às compras, você deve sempre procurar pelas ervas mais verdinhas e frescas. Já com especiarias, busque aquelas com o aroma mais evidente, que não tem erro! Não tenha medo de usá-los em suas receitas, experimente em seus pratos e se divirta com os temperos naturais. Agora, você quer conhecer mais sobre eles? Vamos lá!

Confira os principais temperos

1 – Ervas

Alecrim

Ramos de alecrim

O alecrim é um dos temperos naturais mais usados na cozinha brasileira – e na mundial também! A propósito, além de ser um ótimo realçador de sabores, a erva também é diurética e antidepressiva. Acredite, os raminhos quando usados de forma correta podem auxiliar nas dores de cabeça e também com sintomas de ansiedade e depressão.

Como tempero, usa-se ele no preparo de carnes e batatas assadas. Entretanto, você também pode beber o alecrim, usando suas folhas secas para fazer um delicioso chá. Ademais, pode-se tomar banhos de alecrim e também usá-lo na forma de óleo essencial. Contudo, é bom deixar registrado que o uso em excesso pode causar efeitos negativos, como náuseas e vômito. Além disso, recomenda-se seu uso para pessoas grávidas e pessoas que tenham epilepsia.

Sálvia

Folhas de sálvia

A sálvia, que também é conhecida como salva em algumas regiões, não é tão conhecida quanto os outros temperos naturais de nossa lista, mas certamente não fica para trás no que diz respeito a sabor e vantagens em seu uso. A erva combina bastante com diversos tipos de carne, podendo-se usá-la no preparo de carnes suínas, bovinas e também em aves. Apesar de ser bastante usada como temperos de carnes, pode-se usar também para temperar saladas e massas.

Em relação ao seu uso medicinal, a sálvia pode ser usada como chá, para auxiliar com problemas intestinais. Ademais, a erva possui inibidores de suor, então também pode-se usá-la para evitar uma transpiração excessiva. A propósito, o tempero também estimula o apetite e têm propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. Seria esse o chá perfeito!?

Orégano

Flocos de orégano

Você já deve ter percebido que além de extremamente saborosos, os temperos naturais desta lista também possuem diversos benefícios para sua saúde. A propósito, o orégano, um velho conhecido de praticamente todas as pizzas deste país, não foge desta regra! O chá desta erva oferece diversos benefícios, como vitaminas, e ajudando a fortalecer o sistema imunológico. Ademais, usa-se o chá de orégano porque a erva auxilia na saúde da pele e dos cabelos.

Como você já sabe, utiliza-se bastante esse tempero em pizzas. Mas, além disso, esse tempero é bastante encontrado na culinária mediterrânea, já que ele é originário de lá. Geralmente utiliza-se a erva seca para dar um toque aromático para os mais variados pratos, além de conferir um sabor picante para massas, saladas e molhos de tomate, onde são usados com frequência. Entretanto, caso for usar a erva fresca, coloque menos em suas receitas, já que o seu sabor é mais concentrado neste estado.

Coentro

Folhas de coentro

O coentro faz parte de nossa vida de forma tão presente quanto a cebola e o alho, os mais famosos temperos naturais. Sabe todos aqueles molhos de ervas que você provavelmente já comeu por aí? Pois é! Praticamente todos tinham coentro dentro. Apesar de seu sabor forte, utiliza-se o coentro em quase todos os tipos de culinária, podendo combinar seu sabor marcante com massas, saladas, carnes e molhos. Ademais, recomenda-se o uso desta erva fresca, já que o frescor fica mais concentrado.

No âmbito medicinal do assunto, o coentro auxilia no controle dos níveis de glicose e colesterol, auxiliando, portanto, na prevenção de doenças como diabetes e também infarto. Além disso, as folhas e sementes de coentro são bastante concentradas em vitamina C e A, fortalecendo então o sistema imunológico e hidratando a pele.

Manjericão

Folhas de manjericão

Nossa próxima erva é o manjericão, que entre os temperos naturais é conhecido por seu sabor suave. Portanto, emprega-se o seu uso em diversos pratos, como carnes, pizzas, molhos e até mesmo com frutas. Sabe-se também que o seu uso é majoritário em países europeus, mais especificamente na culinária italiana, que usa deste tempero natural em praticamente todos os seus pratos.

Pode-se usar as folhas e o caule do manjericão, tanto para temperar, é claro, como em forma de chá. A propósito, a erva tem diversos benefícios para a saúde, já que auxilia com tosses fortes e dores de estômago. Além disso, a erva é rica em nutrientes como ômega-3 e vitaminas A e C.

2 – Especiarias

Açafrão

Açafrão-da-terra

A cúrcuma, que é mais conhecida no Brasil pelo nome de açafrão, é uma raiz mundialmente conhecida por sua cor forte e sabor marcante. A especiaria, de origem indiana, é usada em diversos pratos salgados, mais especificamente para temperar carnes e legumes, e é muito popular em países orientais. Agora, não vá confundir nosso açafrão-da-terra amarelinho com o açafrão vermelho, já que esse último custa aproximadamente 90 reais a grama!

Essa especiaria é conhecida por ser extremamente benéfica à saúde, chamando a atenção de diversos pesquisadores do Brasil e do mundo que se dedicam a encontrar tudo que a raiz pode nos oferecer. Sendo assim, sabe-se que o açafrão tem propriedades antioxidantes e antimicrobianas. Além disso, o tempero ajuda a perder peso, combate resfriados e gripes, ajuda na digestão e diversas outras coisas.

Canela

Canela em pau e em pó

Esse tempero aqui você certamente conhece: a canela! Nem que seja na forma de chá ou em algum quitute, você certamente já deve ter experimentado esta especiaria pelo menos uma vez na vida. A canela geralmente é usada em pratos doces no nosso país, como uma forma de realçar o sabor dos quitutes. Sendo assim, você provavelmente já experimentou um curau de milho com canela ou até mesmo um churros com a especiaria. Geralmente, utiliza-se o tempero em pó, mas também é possível usar a canela em pau.

Em relação aos seus benefícios para a saúde, pode ficar tranquilo que são inúmeros. Apesar de geralmente ser usado em doces que não fazem nada bem para a saúde, mesmo sendo muito deliciosos, a iguaria também pode ser usada em saladas de fruta. Dessa forma, a especiaria vai deixar o seu lanche mais saudável ainda. Ademais, a canela certamente é a melhor no que diz respeito a nutrientes, sendo rica em fibras, cálcio e ferro, ajudando a prevenir dores de cabeça e enxaquecas, além de ajudar a reduzir o colesterol.

Curry

Diversos temperos

Nossa próxima especiaria, o curry, é um pouco difícil de explicar, já que na verdade essa iguaria é uma mistura de diversos outros temperos. Tendo sua origem no oriente, mais especificamente na Índia, o pó de curry geralmente leva açafrão-da-terra, cardamomo, coentro, gengibre, pimenta e canela. Contudo, acredite, essa combinação pode chegar a ter até 70 temperos naturais, todos misturados para fazer do curry algo delicioso! Além disso, esse mega tempero geralmente é usado em pratos salgados, com o frango ao curry sendo o prato mais popular com esta especiaria.

Por utilizar de diversos outros temperos em sua composição, o curry também traz consigo inúmeros benefícios para a saúde. Além de ter os, de praxe, agentes antioxidantes e anti-inflamatórios, a especiaria também ajuda a prevenir problemas nas articulações, ajuda a diminuir a tensão nas correntes sanguíneas, assim prevenindo ataques cardíacos, e também previne mal de Alzheimer.

Gengibre

Gengibre

O gengibre é um dos temperos naturais que, possivelmente, faz parte da vida de todos os brasileiros, sendo muito recomendado pelas vovós e vovôs do país quando se está com alguma tosse. Em uma coisa estão certos, já que o chá de gengibre possui agentes antibacterianos, ele acaba promovendo um tratamento caseiro contra gripes e dores de garganta. Sempre escute seus avós! Além disso, o tempero natural auxilia na perda de peso, previne alguns tipos de câncer e combate inflamações.

Além de todo o seu benefício para a saúde, a raiz também é um ótimo tempero para seus pratos! Sendo muito usada por toda a Ásia em pratos salgados e pela Europa em pratos doces, o gengibre oferece uma grande gama de opções com seu sabor marcante e levemente picante. Ah! Não podemos esquecer também dos drinks, que usam do gengibre para realçar o seu sabor. Realmente uma especiaria multifuncional!

Pimenta-do-reino

Pimenta-do-reino

Essa especiaria tem sua origem na Índia (sim mais uma), mas atualmente é um dos temperos mais usados aqui no Brasil. Lógico que estamos falando dela, a maioral, a pimenta-do-reino! Além de ser bastante consumida aqui, a pimenta-do-reino também passou a ser um dos produtos mais exportados de nosso país, provando mais uma vez a sua importância para nós.

Essa especiaria é usada seca, em grãos mesmo ou moída. Geralmente usa-se o tempero em comidas salgadas, como carnes e pratos com batatas, já que a iguaria não combina muito com doces.

Os benefícios para a saúde desta pimenta incluem auxílio no sistema digestivo e o aumento da absorção de vitaminas, como a B e a C. Além disso, é claro, o tempero tem ação antioxidante, que protege as células do nosso organismo contra radicais livres. Além de deliciosa, a pimenta-do-reino certamente não deixa ninguém na mão quando o quesito é saúde!

Caso queira conhecer mais algumas vantagens no uso de alimentos e produtos naturais confira essa matéria: Remédios naturais para TPM: receitas para aliviar sintomas

Fontes: Tua Saúde, Fernanda Mello, McCormick Science Institute, Casa e Jardim, Consul, Ceraflame, Dicas de Mulher, Saber Hortifruti, Ecycle, Jardim de Flores, Home Stratosphere, Dermaclub

Imagens: Pixabay, Getty Images

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você