Beijo de língua: dicas e técnicas para beijos de tirar o fôlego

Para dar o beijo de língua perfeito é preciso de prática, mas também conhecer algumas dicas do que fazer e como fazer nesse momento.

O beijo de língua pode causar um pouco de medo quando você ainda é inexperiente. O que é totalmente normal e compreensível, afinal, é uma coisa que leva prática. No entanto, o segredo para um bom beijo de língua é ter calma, fazer movimentos suaves e nada de colocar muita língua nem pouca.

Mas então, para que serve o beijo de língua? Esse ato é um dos contatos mais importantes em uma relação a dois. O beijo, estimula não só os lábios, mas a língua e a boca, que são áreas muito  sensíveis ao toque. Sendo assim, a maioria das pessoas acham o beijo de língua algo muito prazeroso e íntimo, e indispensável em um relacionamento.

Portanto, se você ainda não teve essa experiência mas já quer estar por dentro para quando a hora chegar, não se preocupe. Com as dicas a seguir você vai estar mais do que preparado(a) para os melhores beijos da sua vida.

O que fazer antes de dar um beijo de língua

Uma coisa é fato, depois que você pega o jeito, o ritmo flui naturalmente. No entanto, até chegar nesse ponto, muita água rola debaixo da ponte. Então, se você nunca deu um beijo de língua, aqui vão algumas dicas bacaninhas para começar o “processo”. 

A primeira coisa é manter a calma. Na hora do “vamos ver” isso vai parecer difícil, seu corpo vai responder com impulsos, o coração acelera, as pupilas dilatam, as mãos suam, tudo isso é extremamente normal. E faz parte, deixa tudo mais interessante.

Mas, o nervosismo excessivo atrapalha, então, respira fundo. Mentalize coisas boas e relaxe. Ter uma balinha ou chiclete, por perto é um jeito de te deixar mais segura. E também ter uma experiência gostosa e refrescante! Além de tirar a neura do hálito na hora de beijar.

Outra dica bem legal é deixar os lábios o mais hidratados possível. Assim o seu ficará muito mais gostoso. Pense bem, ninguém quer beijar uma lixa. Lábios macios fazem muita diferença.

Como começar?

Bem, você não vai sair agarrando a pessoa do nada. Por isso, comece conversando, até o beijo de língua surgir de forma natural.

Uma das melhores formas de mostrar que você está interessada em beijar é alternar o olhar entre os olhos e os lábios, já que isso vai indicar o “sinal verde” para começar o beijo.

Ademais, aproxime o seu corpo aos poucos, cuidado para não bater o rosto ou os dentes. Porém, se acontecer, não se preocupe, acontece! Sorria e continue, não deixe esse incidente quebrar o clima. Já que você está quase lá.

Dicas e truques que vão deixar seu beijo de língua viciante

Enfim, os lábios se encostaram. E agora? O que fazer? Onde colocar a língua no beijo? A primeira regrinha é não ter pressa! Um beijo de língua perfeito depende de cada um, mas, se tem uma coisa que é certa, é começar devagar. Tenha calma, sinta como é o ritmo da outra pessoa, até vocês entrarem em um ritmo em comum. A partir disso, siga essas dicas:

1 – Movimentos suaves

Você não está competindo com ninguém, o intuito aqui é que ambas partes sintam prazer, se divirtam e curtam um beijo inesquecível. Mova a língua de forma suave. Explore a língua e os lábios da pessoa com movimentos circulares, no sentido horário e anti-horário.

2 – Técnicas

Ainda sobre movimentos, a cabeça e o pescoço precisam acompanhar o beijo. Então, tente relaxar o pescoço, nada deixar o pescoço duro e imóvel. Sendo assim, durante o beijo de língua, alterne os lados e deixe as movimentações naturais entre você e a outra pessoa.

3 – Não seja previsível

Com o tempo isso se torna chato, monótono. Por isso, surpreenda a pessoa. Se você sentir que ele/ela também está afim, dê um beijo de surpresa. Observe os movimentos que mais agradam ele/ela. Outra dica muito útil é aprender a dar um beijo quente na hora certa. 

Outra coisa é “deixar fluir”. Não decore movimentos para tentar “fazer do jeito certo”, logo que o jeito certo de verdade é o seu. Improvise em alguns momentos e use sua criatividade. Preste atenção no momento que você pode variar. Inclusive, incluindo algumas mordidinhas de leve.

4 – Controle a saliva

A saliva vai estar lá, isso é fato. O problema é que beijo de língua seco é ruim, e com saliva demais também. Então, o ideal é controlar isso, para não acabar o beijo os dois cobertos de baba. Uma dica para fazer isso é alternar o beijo de língua com selinhos.

5 – Nada de língua mole

É um beijo de língua, então a língua tem um grande papel. Então, nada de língua pontuda, invasiva e menos ainda língua mole, sem fazer nada. Fuja do fenômeno beijo mole. Deixe a língua suave, e siga os movimentos da outra pessoa, não tem erro.

6 – Não faça o beijo de língua um espetáculo em público

Por mais que a vontade seja grande, e os hormônios estejam à flor da pele, se segure. Na vida real, mantenha a descrição. Assim você evita constranger a outra pessoa. E de passar vergonha, porque, afinal de contas, intimidades devem ser íntimas. Ou seja, deixe a afobação para quando estiverem sozinhos.

7 – Brinque, dê fugidinhas, puxe

Uma das partes mais legais de quando se está dando beijo de língua é brincar com a pessoa. Você pode virar o rosto ou “dar uma fugidinha” quando a pessoa vier te beijar. Fazer isso cria aquela sensação de provocação. Ajuda a manter o clima.

Além disso, quando você afasta seus lábios dos da outra pessoa causa aquele clima de suspense, instigando a outra pessoa. O principal é fazer isso só às vezes, o excesso de qualquer coisa é péssimo, nesse caso pode até fazer com que a pessoa desista de te beijar, já que fica super chato.

8 – Cuidado com as mordidas

As mordidinhas no beijo são bastante interessantes e conquista a maioria das pessoas. No entanto, cuidado com elas, afinal, ninguém quer terminar o beijo com a boca machucada. Vá com calma, e veja se a pessoa gosta de coisas mais fortes e sexys. Mas sempre com cuidado para não exagerar na mordida.

9 – O corpo inteiro faz parte do beijo de língua

Tem gente que pensa que beijar de língua é só colocar a língua dentro da boca da outra pessoa e mexer ela para lá e para cá. Não é.

O beijo também envolve deixar o seu corpo se expressar. Sendo assim, use as mãos, acaricie os cabelos, a nuca ou outras partes do corpo que sentir que a pessoa está confortável. Também não exagere, vá com calma, sentindo onde a pessoa gosta de ser tocada. Nada de ultrapassar os limites. Para o beijo ser bom é fundamental que os dois estejam gostando.

10 – Nada de forçar

Cuidado para não forçar a outra pessoa a fazer o que não quer. Então, se notar que as coisas estão esquentando, vai com calma, testando os limites da pessoa, e até onde ela está confortável com suas ações e movimentos. Sinta o clima gradualmente, o bom senso é essencial para o beijo de língua ser bom.

11 – Como beijar de língua com aparelho

Nenhum beijo é igual, e além de cada pessoa ter um beijo, algumas coisas podem ser diferentes. Como é o caso de quem tem aparelho.

Se você ou a outra pessoa usam aparelho é preciso ter um pouco mais de cuidado com a pressão durante o beijo. Isso porque forçar os lábios podem machucar a pessoa. E você não quer isso. Então, lembre-se dos movimentos suaves.

12 – O final

A hora de finalizar o beijo de língua também é muito importante. Até porque serve como uma pausa. Então, aposte no selinho para finalizar o beijo. Além de ser uma forma carinhosa e que abre espaço para continuar depois.

Sendo assim, se você quiser terminar o beijo, dê uns selinhos na pessoa, para que ela entenda o sinal.

Passo a passo de como beijar de língua

Então, o que achou dessas dicas? Ainda se sentindo inseguro, tudo bem é normal. Confira a seguir um vídeo de tutorial de como beijar de língua, com passo a passo e demonstração. Melhor que isso só praticar depois.

Curiosidades sobre o beijo de língua

E para terminar, selecionamos algumas dúvidas e curiosidades interessantes sobre o beijo de língua. Agora você vai ficar expert em como beijar e em tudo sobre o ato.

1. Transmissão de HIV

Essa pode ser uma dúvida de muitas pessoas na fase inexperiente. Não, o beijo de língua não transmite HIV. O que pode acontecer é em caso de a pessoa ter uma ferida na boca, em caso de sangramento e o vírus ser transmitido pelo sangue em contato com a saliva. Mas de modo geral, não tem perigo.

2. Significado do beijo de língua

Esse ato tem uma representatividade relacionada a demonstração de paixão e intimidade, algo bem apaixonado. Então, como dito anteriormente, é um ato que estimula áreas sensíveis, despertando sentimentos indescritíveis e viciantes.

3. Primeiro beijo em novelas brasileiras

Apesar de ser algo natural, ainda gera muito tabu, ainda mais no passado. Contudo, o primeiro beijo transmitido na televisão brasileira foi em 1951, na novela Sua Vida me Pertence. O casal era interpretado por Vida Alves e Walter Foster.

4. Primeira menção histórica do beijo

A primeira menção escrita sobre o beijo na história está presente nos quatro textos Sânscrito Védicos, de 1500 a.C.

5. Queima calórica durante o beijo de língua

Além de ser um ato prazeroso, o beijo de língua também queima calorias. Sim, alguns estudos já indicaram que o ato de beijar é caracterizado como um tipo de exercícios físico. Sendo assim, um beijo pode queimar até 6 calorias por minutos.

6. Primeiro beijo em um filme

O primeiro beijo transmitido em uma tela de cinema foi em 1986. O filme “The Kiss”, tinha 30 segundos e era apenas uma cena de um casal se beijando.

7. Alívio do estresse

Por ser um ato na maioria das vezes prazeroso, o beijo de língua também pode ser relaxante. Estudos apontam que o beijo diminui o nível de cortisol no organismo. Sendo assim, alivia o estresse e ainda libera hormônios da felicidade, como oxitocina e dopamina.

8. Record de beijo mais longo do mundo

Um casal tailandês bateu o recorde de beijo com maior duração do mundo, em 2013. Para isso, o casal protagonizou um beijo de 58 horas, 35 minutos e 58 segundos. Imagina ficar tanto tempo assim beijando hein?

9. Duração ideal do beijo de língua

E por falar em duração do beijo de língua, quanto tempo deve durar o beijo de língua? Então, essa pergunta não tem uma resposta exata, já que se trata de um ato único e subjetivo para cada pessoa. Sendo assim, o tempo de duração ideal varia de pessoa para pessoa, casal para casal, e situação. Ou seja, o quanto de vontade que vocês tiverem.

Enfim, o que achou dessas dicas? Está pronta(o) para usar. Não se preocupe, quando você começar a praticar, logo vai estar expert em beijo de língua.

LEIA MAIS:

5 coisas que você jamais deve fazer em um beijo de língua

Beijo na boca – Origem, por que fazemos isso e quais os tipos de beijo

16 tipos de beijos do Kama Sutra que você não conhecia

Descubra como é o beijo de cada signo

Os 30 beijos mais famosos e emocionantes da história do cinema

Tipos de beijos quentes, românticos e super diferentes

Fontes: Dicas de Mulher, Terra Manual do Homem Moderno


Outras postagens

4.7 6 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários