Tratamentos noturnos: o que são, função e como utilizá-los

Os tratamentos noturnos são a opção ideal para quem deseja explorar a eficácia dos produtos, aproveitando a hora de dormir para o fim.

O momento de descanso é sagrado. Após um longo dia de atividades e estresse, nada melhor do que deitar em sua cama e esquecer dos problemas, pelo menos até o dia seguinte. Todavia, existe muito mais sobre a hora de dormir do que apenas relaxar. O período é ideal para realizar tratamentos noturnos, tanto do rosto quanto do corpo e dos cabelos. Assim, é possível obter melhor performance dos produtos sem qualquer interferência.

Mas afinal, por que a noite? A eficácia dos tratamentos noturnos é maior justamente pelo fato de ser o momento de descanso do corpo e da mente. Ao dormir, seu metabolismo desacelera, e assim, o organismo pode reparar qualquer agressão sofrida durante o dia. O período faz com que a produção de melatonina aumente, o hormônio que ajuda a dormir. Por outro lado, o cortisol diminui, hormônio responsável por combater o estresse, que causa pausa fisiológica. Sem sua interferência, os produtos podem agir em força máxima.

Dessa forma, quem não possui tempo o suficiente para realizar tratamentos de beleza durante o dia, investir nos cuidados noturnos é a opção ideal. Você não precisa de mais do que alguns minutos para aplicar os produtos certos, e em seguida, o descanso é certo. Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre os tratamentos noturnos, bem como o motivo de serem tão eficazes, o que pode atrapalhar os resultados e também a forma correta de realizar o processo.

Como funcionam os tratamentos noturnos?

Tratamentos noturnos
Fonte: Colchões Portal

Durante o dia, é comum que a pele e os cabelos sofram o efeito da poluição e da variação de temperatura, por exemplo. Todavia, durante a noite, o organismo relaxa, o que permite uma absorção de hidratantes mais facilmente. É comum que cremes noturnos favoreçam efeitos como a renovação celular e o aceleramento da maturação das células, trazidas da última camada da pele para a superfície.

Além disso, os tratamentos noturnos agem de forma extremamente eficaz e rápida. A diferença da pele após a aplicação do produto é notável, sendo sua viscosidade maior, bem como hidratação, maciez e redução de inchaço adquirida ao longo do dia. Ao acordar, você não irá precisar se preocupar com os efeitos do sono no rosto. No cabelo, por exemplo, determinados produtos agem combatendo ressecamento, porosidade, quebra, opacidade e frizz.

Eficácia dos tratamentos noturnos

Muito além do fato da pele estar suscetível à poluição, radicais livres, perda de água e exposição aos raios solares durante o dia, é comprovado que a recuperação da derme é maior durante a noite. Isso ocorre de forma que o processo natural de purificação celular atinja picos de atividade enquanto se descansa. Assim, torna-se essencial criar o hábito de dormir regularmente e em ambientes escuros, sem eletrônicos e qualquer luz artificial, por pelo menos 7 ou 8 horas.

Nesse sentido, também se pode citar a maior receptividade da pele no período noturno. Determinados tratamentos com ácidos como o tratamento de acne, manchas e para melhora da textura da pele apresentam melhores resultados durante a noite. O motivo? A maior penetração dos ativos dos produtos, assim, melhor aproveitados.

O que pode atrapalhar os resultados?

No caso de uma regularidade de tratamentos noturnos que não estejam obtendo resultados satisfatórios, é possível que você esteja cometendo alguns erros. Confira abaixo as possibilidades mais comuns:

  • Alimentação desregrada;
  • Higienização incompleta;
  • Beber pouca água;
  • Usar produtos não indicados para a sua pele;
  • Não dormir a quantidade de horas indicadas.

Deve se manter em mente que toda e qualquer sujeira acumulada na pele durante o dia precisa ser eliminada durante a higienização noturna. Assim, retirar a maquiagem torna-se essencial, já que o acúmulo de cosméticos na derme favorece a irritação, além de acelerar o envelhecimento precoce da pele e piorar casos de acne.

Tratamentos diurnos x noturnos

Fonte: L’Oréal Paris

Os tratamentos diurnos também são extremamente eficazes ao que se propõem. Normalmente, sua função está voltada para a proteção da radiação ultravioleta, o que causa o ressecamento dos fios, envelhecimento precoce da pele e manchas. Por outro lado, durante a noite, o foco do tratamento está voltado para a reposição de nutrientes. Já que boa parte dos processos metabólicos do organismo sofrem baixa enquanto você dorme, os produtos agem oferecendo substâncias nutritivas, hidratantes e antioxidantes, com maior efetividade.

Uso correto dos produtos

Agora que você já conhece os benefícios dos tratamentos noturnos e os erros comuns que costumam ser cometidos, é hora de aprender a forma como colocar em prática o seu próprio tratamento. Ele pode ser realizado em diferentes regiões, como a pele, cabelo, boca, corpo e  pés.

Para a pele

Tratamentos noturnos
Fonte: A Gazeta

Antes de mais nada, é preciso higienizar a pele, retirando as impurezas acumuladas durante o dia. Normalmente, a skincare noturna envolve os mesmos passos da diurna: higienização, tonificação, hidratação e tratamento. Durante uma vez na semana, ao realizar a esfoliação, o ideal é optar por um peeling químico, favorecido pelo período da noite, já que envolve a descamação da pele.

Após limpar a pele, aplique o creme noturno, espalhando pelos 5 pontos do rosto: nariz, testa, queixo e bochechas. Feito isso, só é preciso espalhar delicadamente, de dentro para fora, em movimentos ascendentes. Massageie o produto até que ele esteja bem absorvido. Lembre-se também de dar maior atenção à área dos olhos, depositando uma quantidade de produto equivalente a um grão de arroz, tanto na pálpebra móvel quanto na inferior. Assim, você pode evitar possíveis linhas finas e rugas. Lave sempre o rosto abundantemente ao acordar.

Para o cabelo

Fonte: Imirante

Depois de lavar bem o cabelo com shampoo e condicionador, de preferência com produtos específicos para o seu tipo de fio, aplique o produto noturno nas mechas ainda úmidas. Lembre-se de espalhar o creme por todo o comprimento, mas jamais na raiz, e sem exageros. O excesso de creme pode deixar o cabelo oleoso, levemente endurecido e opaco, bem como proporcionar o efeito rebote. Em seguida, seque sem enxaguar e vá dormir. Não é preciso realizar o tratamento mais do que 2 vezes por semana.

Na boca

Tratamentos noturnos
Fonte: ADCOS

A hidratação noturna dos lábios é ideal para quem sofre com ressecamento ou rachaduras. Existem ainda cremes específicos para suavizar o “código de barras” ao redor da boca, ou as rugas que contornam a região. Pelo fato do produto ficar em ação por mais tempo durante a noite, ele permite uma regeneração mais rápida e completa.

No corpo

Tratamentos noturnos
Fonte: Opiniões Certificadas

Da mesma forma, o momento antes de dormir é ideal para aplicar um bom hidratante na pele, já sensibilizada pelo efeito do vapor do banho, por exemplo. Assim, a aplicação terá seu efeito potencializado, fazendo com que seja necessário espalhar bem o produto, caprichando nos cotovelos, joelhos e calcanhares, áreas que normalmente ressecam mais. Para quem não possui a paciência, invista em óleos de banho ou hidratantes próprios para usar no chuveiro.

Cremes de tratamento noturno da pele costumam incluir fórmulas que combatem a celulite e as estrias. No caso das estrias, caso o produto contenha ácido, ele deve ser removido pela manhã, evitando possíveis manchas.

Nos pés

Fonte: Dicas de Mulher

Aqui, é recomendado utilizar produtos próprios para amaciar e hidratar a pele do calcanhar e da sola, que costuma ficar mais ressecada que as demais. Além disso, após aplicar o creme noturno, é possível incluir meias ou papel-filme, que potencializa o efeito da hidratação. Para quem prefere dormir de pés descalços, apenas aplique o produto e deixe agir por pelo menos 15 minutos com as meias. Em seguida, retire-as.

Se ainda possui dúvidas a respeito de onde adquirir produtos perfeitos para sua rotina de cuidados noturnos, a Pele de Pêssego pode oferecer ótimas possibilidades, indo além dos tratamentos feitos antes de dormir. Existem ainda excelentes opções para sua skincare diurna ou apenas momentos de relaxamento, como a aplicação de uma boa máscara revitalizante para o rosto, hidratação para as mãos ou pés.

E aí, o que você achou dessa matéria sobre tratamentos noturnos? Se te interessou, confira também 9 hábitos noturnos para você acordar mais bonita

Fontes: Donna Beleza, Universa, ADCOS, Dermaclub, Pele de Pêssego

Imagens: Safe Sea, Colchões Portal, Dicas de Mulher, ADCOS, Opiniões Certificadas, Imirante, A Gazeta, L’Oréal Paris


Outras postagens

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários