Curiosidades

Perfume e colônia: você sabe qual a diferença entre os dois?

Descubra quais são as características de perfume e colônia para aprender a diferenciá-los e arrasar na escolha ideal.

A sensação de uma boa memória trazida pelo cheiro de uma pessoa amada é inexplicável. Esse é o poder de um aroma agradável em nossas vidas. Desse modo, as melhores emoções, sensações e memórias são trazidas por bons perfumes e colônias.

Além de sugerirem um ar de limpeza, uma fragrância ideal tem o poder de atrair pessoas, gerar elogios e até conquistar aquela paquera. Nada melhor do que isso, não é mesmo? Porém, para acertar na melhor escolha, é fundamental entender qual a melhor opção para você.

Por isso, trouxemos aqui uma explicação aprofundada sobre os dois principais tipos de essência disponíveis. Assim, para você arrasar na escolha, é preciso distinguir o que existe por trás das técnicas químicas do perfume e colônia. Vamos descobrir a diferença?

A composição dos produtos de perfumaria

Inicialmente, um perfume é formado, principalmente, por solvente, fixador e fragrância. Assim, o solvente é composto por álcoois, usualmente o etanol. Seguindo, o fixador, como o próprio nome diz, serve para aumentar o tempo de fixação do produto. Por fim, a fragrância, é responsável pelo cheirinho agradável dos perfumes. Ela pode ser extraída da natureza ou do laboratório.

Qual a diferença entre perfume e colônia?

Perfume e colônia: você sabe a diferença entre os dois?

Nesse sentido, a diferença básica está na concentração da essência da fragrância e fixação. Dessa maneira, a cultura popular de que a colônia é mais leve e fresca é, tecnicamente, verdadeira. Ao passo que, o perfume é mais encorpado e marcante. Agora, vamos mais a fundo.

Perfume

Como não amar aquele aroma acentuado e cheio de personalidade dos perfumes? Isso acontece porque esse produto possui cerca de 20% de concentração da essência de fragrância (óleo). Além disso, em alguns deles, a fixação pode chegar até a 24 horas.

Também conhecido como parfum, na França, o perfume faz mais sucesso nos países de clima frio. Justamente por ter uma alta fixação e auxiliar quando o tempo não está muito propenso para um banho. Contudo, será que é possível usá-lo em países mais quentes?

A resposta é: sim! Em síntese, em países tropicais como o Brasil, os perfumes são mais indicados para noite ou momentos especiais. Também caem bem quando o tempo está mais fresco. Todavia, eles costumam ser mais caros que a colônia, o que pode pesar no bolso.

Colônia

Conhecida por ser mais suave, a colônia possui de 2% a 10% de concentração da essência de fragrância. Bem como a fixação também é menor: cerca de 2 a 6 horas, no máximo. Porém, existe um leque de opções para o uso das colônias. Descobriremos mais sobre elas abaixo.

Por costumar carregar elementos mais cítricos e frutados (que também evaporam mais rápido), a colônia é uma ótima pedida para os dias mais quentes e no pós banho. Logo, ela aumenta a sensação de frescor e pode ser usada várias vezes ao dia, no corpo todo.

Ao mesmo tempo, as colônias podem ser a opção ideal para quem tem alergia aos perfumes, por ser bem mais diluída. E, por fim, costumam ser mais baratas que os perfumes, já que o preço depende da concentração da essência. Nosso bolso agradece!

Então, o que achou dessa matéria? Se gostou, confira também: Como escolher um perfume

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você