Receitas

Bolinho de chuva: 10 variações da receita tradicional

O bolinho de chuva é um dos lanches mais populares da mesa brasileira. Assim, aprender como fazer suas mais variadas versões é essencial.

O bolinho de chuva é um dos lanches mais deliciosos e uma prioridade em qualquer caderno de receita. Inspirando a vontade maternal e tardes de café com guloseima, de nada importa se chove ou não: o bolinho ainda é prioridade. Assim, sua popularidade nas mesas brasileiras faz o doce parecer uma novidade, mas suas origens são antigas, já do final do século XIX. Seja como for, torna-se essencial aprender um pouco mais sobre ele, e o mais importante de tudo: como fazer bolinho de chuva.

Nesse sentido, a própria origem do nome já faz menção ao fato da receita ser extremamente simples, por meio de ingredientes que todos possuem em casa. Afinal, em dias de chuva, a vontade de sair de casa é sempre menor, portanto, nada melhor do que um lanche onde não é necessário nada além de farinha, ovos, leite e fermento. Seja como for, a função do bolinho de chuva é fácil de desvendar. Mesmo que antes feita para manter crianças entretidas e alimentadas dentro de casa em tardes chuvosas, ele agora torna-se marca registrada das mesas de família.

Dessa forma, confira abaixo tudo que você precisa saber sobre como fazer bolinho de chuva, bem como a origem da receita, curiosidades e 10 formas diferentes de ter seu próprio bolinho em casa.

Origem
do bolinho de chuva

Sobretudo, no Brasil, ainda no final do século XVIII, encontrar trigo era consideravelmente difícil. O ingrediente era uma iguaria cara, trazida de Portugal e conhecida como “farinha do reino”. Assim, o bolinho de chuva conhecido hoje apenas surgiu no país em meados do século XIX, com a maior comercialização do trigo. Antes dele, era comum utilizar farinha de mandioca ou cará como substituição. Sua massa possui grande semelhança com o sonho, outro dos doces tradicionais portugueses.

Contudo, antes de receber o nome popularizado, o bolinho era chamado de “bolinho das negras”, pelo fato de ser preparado por escravas e servidos em chás da tarde para sinhás e senhoras. Vinham em tabuleiros da cozinha e bem embalados em folhas de bananeira pelas mãos cuidadosas de suas cozinheiras.

Além disso, um dos mais famosos bolinhos de chuva nasceu da literatura de Monteiro Lobato, em Sítio do Picapau Amarelo, por meio das mãos de Tia Nastácia. A mulher, que era cozinheira de mão cheia, possuía um jeito único de preparar a receita e servi-la para as crianças e amigos do sítio. Segundo ela, o segredo não estava na receita em si, mas sim no “jeitinho de fazer”.

Curiosidades do nome

Mas afinal, por que “bolinho de chuva”? De acordo com lendas do lanche, o nome surgiu após uma tarde chuvosa, onde as crianças estavam tristes por não poderem sair para brincar. Assim, uma mãe teve a ideia de fazer bolinhos de chuva para mantê-las entretidas dentro de casa, e ainda alimentadas. Cobertos com açúcar e canela, por fim, tornaram-se sinônimo de diversão mesmo em dias onde a brincadeira não podia passar para o lado de fora.

Como fazer bolinho de chuva?

Dessa forma, agora que você já sabe tudo sobre a origem do lanche delicioso e curiosidades sobre sua história, é hora de preparar a receita. Escolha dentre as 10 simples e irresistíveis possibilidades de preparar o bolinho de chuva e aproveite!

1 – Bolinho de chuva tradicional

O bolinho de chuva tradicional é extremamente fácil de fazer, levando em torno de 20 minutos e rendendo aproximadamente 25 bolinhos.

Ingredientes

  • 1 ovo
  • 1/2 xícara de leite
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1 xícara e 1/2 de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • Óleo para fritar
  • Açúcar e canela para polvilhar

Modo de preparo

Antes de mais nada, misture todos os ingredientes menos o óleo e o açúcar e canela em um recipiente, até obter uma massa cremosa e bem homogênea. Em seguida, em uma panela, coloque óleo o suficiente para fritar os bolinhos, aquecendo-o em 180º. Os bolinhos devem ficar imersos. Com duas colheres, uma para retirar a massa do recipiente e outra para empurrar para dentro da panela, frite bem a porção, de modo que fiquem dourados. Por fim, retire da panela e deixe escorrer o óleo em um papel absorvente, passando-os no açúcar e na canela.

2 – Bolinho salgado

Além de ser um delicioso lanche da tarde, o bolinho de chuva salgado pode acompanhar carnes, arroz de forno ou outros pratos de almoço, por exemplo. Ele demora em torno de 30 minutos para ficar pronto e rende 30 bolinhos.

Ingredientes

  • 1 ovo
  • Leite (1 xícara de chá)
  • Manteiga (1 colher)
  • Sal (1 colher de chá)
  • Fermento em pó (1/2 colher de sopa)

Modo de preparo

Primeiramente, junte todos os ingredientes com um batedor ou colher em um recipiente, mexendo até que a massa fique homogênea. Em seguida, em uma panela com óleo o suficiente para submergir os bolinhos, em 180º, frite-os da mesma forma que o bolinho doce. Com uma colher, pegue a massa, e com a outra, empurre-a para a panela. Caso preferir rechear, coloque pedaços de queijo, legumes ou frios no meio da massa e ajeite-a antes de fritar. Depois deles dourarem, devem descansar para que o óleo remanescente escorra, e podem ser servidos quentes com queijo ralado polvilhado.

3 – Com banana

O preparo do bolinho de chuva com banana é o mesmo do tradicional, levando 20 minutos para ficar pronto e rendendo aproximadamente 25 porções também.

Ingredientes

  • 1 ovo
  • 2 bananas
  • Leite (1/2 xícara)
  • Açúcar (1/2 xícara)
  • Farinha de trigo (1 xícara e 1/2)
  • Fermento em pó (1 xícara de chá)
  • Óleo para fritar
  • Açúcar e canela para polvilhar

Modo de preparo

Sobretudo, é preciso juntar todos os ingredientes em um recipiente, menos o óleo, a banana e o açúcar com canela. Despeje óleo o suficiente para fritar em uma panela, e frite os bolinhos a 180º, utilizando duas colheres para retirá-lo da massa e empurrá-la para dentro da panela. Nesse sentido, a banana deve ser cortada em rodelas e empurrada para o meio da massa, ajeitando-a até que esconda a fruta. Frite tudo até que os bolinhos fiquem douradinhos. Enfim, escorra em papel absorvente e sirva polvilhado de açúcar e canela.

4 – Bolinho de chuva assado

O bolinho de chuva frito pode ser uma delícia, todavia, existe quem prefira sua versão assada. Dessa forma, existe a possibilidade de prepará-los no forno e aproveitar tanto quanto a versão tradicional. De maneira idêntica, ele rende 20 bolinhos, mas demora aproximadamente 50 minutos para ficar pronto.

Ingredientes

  • Farinha de trigo (3 xícaras e 1/2)
  • 2 ovos
  • Fermento em pó (1 colher de chá)
  • Açúcar (xícara de chá)
  • Leite quente (3 xícaras de chá)
  • Canela em pó (2 colheres de sobremesa)

Modo de preparo

Antes de tudo, coloque a farinha, os ovos, o leite quente e o fermento em um recipiente, misturando até obter uma massa homogênea e líquida. Em seguida, unte com manteiga uma assadeira de cupcakes ou pães de queijo, para auxiliar no formato pequeno dos bolinhos, distribuindo-os em cada molde. Logo depois, após pré-aquecer o forno por 10 minutos, leve as formas ao fogo por aproximadamente 35 minutos, a 180º. Por fim, retire-os da forma e utilize açúcar e canela para polvilhar.

5 – Com goiaba

Bem como a receita de bolinho de chuva com banana, a com goiaba pode ser tão deliciosa quanto. Nesse sentido, a receita é extremamente prática e idêntica ao preparo tradicional, rendendo 30 porções e ficando pronta em apenas 30 minutos.

Ingredientes

  • 1 tablete de goiabada (para rechear)
  • Leite (1 xícara média)
  • 2 ovos
  • Fermento (1 colher de chá)
  • Farinha de trigo (3 xícaras médias)
  • Óleo para fritar
  • Leite em pó ou canela com açúcar para polvilhar

Modo de preparo

Da mesma forma, apenas misture todos os ingredientes em um recipiente, menos o óleo, a goiabada e o que deve ser polvilhado. Enquanto o óleo esquenta dentro da panela, a 180º, corte a goiabada em pequenos cubinhos. Faça bolinhas com a massa e afunde os cubinhos até que desapareçam, só então despejando-os no óleo para fritar. Por fim, após bem dourados, deixe-os escorrerem em papel absorvente e polvilhe tudo com leite em pó ou canela e açúcar.

6 – Bolinho de chuva de cenoura

Por outro lado, o bolinho de chuva de cenoura é uma das outras possibilidades além da receita tradicional. Muito parecido com um bolo de cenoura, o bolinho rende 20 porções e demora 45 minutos para ficar pronto.

Ingredientes

  • 2 cenouras pequenas e cortadas
  • 2 ovos
  • Óleo (1 colher de sopa)
  • Leite (1/2 xícara)
  • Açúcar (1/2 xícara)
  • Farinha de trigo (2 xícaras e 1/2)
  • Fermento em pó (1 colher)
  • Cachaça (1 colher)
  • Raspas de laranja
  • Óleo para fritar
  • Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Modo de preparo

Antes de mais nada, coloque em um liquidificador os ovos, as cenouras, o açúcar, leite e óleo, batendo bem, até obter uma mistura homogênea. Em seguida, despeje em uma vasilha e acrescente a farinha de trigo e os ingredientes restantes. Misture bem. Aqueça o óleo em uma panela e coloque as pequenas porções para fritar até dourarem. Por fim, deixe-os escorrer e passe no açúcar de confeiteiro.

7 – Com doce de leite

Um dos recheios mais irresistíveis para o bolinho de chuva só pode ser o doce de leite. Da mesma forma, não é preciso modificar nada da receita tradicional, e a mistura rende 30 porções, com um tempo de preparo de 30 minutos.

Ingredientes

  • Açúcar (1 copo americano)
  • Farinha de trigo (2 copos americanos)
  • Fermento em pó (1 colher de sopa)
  • 1 ovo
  • Leite (1/2 copo americano)
  • Óleo para fritar
  • Doce de leite a gosto

Modo de preparo

Antes de tudo, misture todos os ingredientes secos. Logo depois, misture junto deles os líquidos, de forma que a massa fique com uma consistência um pouco mais firme que a de bolo. Na panela, coloque óleo e não deixe que esquente muito, pingando gotas de massa menores, de forma que você não corra o risco de acabar com o miolo cru. Deixe-os dourados e, em seguida, depois de deixá-los escorrerem em papel absorvente, corte-os ao meio e recheie com doce de leite. Por fim, polvilhe com açúcar e canela, caso desejar.

8 – Bolinho vegano

Inclusive, você sabia que a versão do bolinho de chuva existe até no veganismo? A receita deliciosa não leva leite, nem ovos, mas é tão boa quanto. Com um preparo de 30 minutos, a receita rende 30 porções.

Ingredientes

  • Água (1/4 de xícara de chá para dar o ponto da massa)
  • Farinha de trigo (1/2 xícara)
  • Açúcar (1/4 de xícara)
  • Fermento em pó (1/2 colher)
  • 1 pitada de sal
  • Óleo para fritar
  • Canela e açúcar para polvilhar

Modo de preparo

Da mesma forma, misture todos os ingredientes, porém utilizando a água para dar ponto à massa até que ela se torne homogênea. Logo depois, utilize as duas colheres para retirar massa do recipiente e empurrar para dentro da panela, fritando-os até que fiquem dourados. Você também pode utilizar frutas picadas para recheá-los, empurrando-as para dentro do bolinho antes de fritar. Em conclusão, deixe que o óleo escorra em papel absorvente e então polvilhe os bolinhos com canela e açúcar.

9 – Bolinho de chuva fit

Todavia, para quem está de dieta ou apenas prefere seguir uma alimentação mais saudável, existe portanto a opção do bolinho fit, que é tão delicioso quanto. Rendendo 20 porções, seu tempo de preparo é de 40 minutos.

Ingredientes

  • Farinha integral (2 xícaras de chá)
  • 1 ovo
  • Açúcar light (4 colheres de sopa)
  • Suco de laranja (1/2 xícara de chá)
  • Raspas de laranja (1 colher)
  • Fermento em pó químico (1 colher de chá)
  • Frutas cristalizadas a gosto
  • Óleo de milho para fritar

Modo de preparo

Primeiramente, coloque todos os ingredientes em um recipiente e mexa bem até o ponto da massa poder ser retirada em colheradas. Após aquecer o óleo na panela, frite os bolinhos até dourá-los. Por fim, após deixá-los escorrerem no papel absorvente, polvilhe na canela com açúcar light. Nesse sentido, caso a massa fique muito seca, junte mais 1/2 xícara de suco de laranja na mistura até amolecer. Dessa forma, a farinha integral funcionará da mesma forma que a de trigo.

10 – Bolinho sem glúten e sem lactose

Além disso, o bolinho de chuva ainda existe na versão perfeita para quem possui restrições alimentares, mas gostaria de aproveitá-lo do mesmo modo.

Ingredientes

  • Farinha de arroz (80g)
  • 2 ovos
  • Polvilho doce (1/2 xícara de chá)
  • Açúcar (1/3 de xícara de chá)
  • Água (5 colheres de sopa)
  • Fermento em pó (1 colher de chá)
  • Açúcar e canela para polvilhar

Modo de preparo

Antes de mais nada, em um recipiente, bata bem os ovos. Em seguida, adicione o açúcar, e então reserve a mistura. Já em outro recipiente, misture a farinha de arroz e o polvilho doce, adicionando tudo aos ovos com açúcar. Logo depois, misture tudo e acrescente água aos poucos, sempre mexendo bem, com atenção para que a massa não fique muito mole. Depois de obter uma massa homogênea, adicione o fermento e misture novamente.

Da mesma forma que com o bolinho tradicional, utilize a técnica das duas colheres para pegar a massa e empurrá-la para a panela com óleo quente. Depois de dourá-los, deixe-os escorrerem no papel absorvente. Por fim, passe tudo no açúcar com canela e se delicie!

Se você se interessou por essa matéria sobre como fazer bolinho de chuva, do mesmo modo, confira agora Bolo gota de chuva, a sobremesa que está chocando a internet!

Fontes: Consul, Nikokit, Agronews, Brastemp

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você