Saúde

Enxaqueca menstrual: o que é, sintomas e tratamento

A enxaqueca menstrual é um problema que afeta milhares de mulheres. Aprender como remediá-la é essencial para evitar o incômodo.

Sofrer de dores de cabeça é um mal que assola o mundo inteiro diariamente. Sejam elas fortes ou fracas, é comum que vez ou outra a dor impeça o dia de fluir e atrapalhe seu bem-estar. Todavia, existem ainda casos em que tal incômodo vai muito além do que se imagina. Essa é a realidade da enxaqueca, e principalmente, da enxaqueca menstrual. Nesse sentido, mulheres estão mais sujeitas do que os homens a terem dores de cabeça do tipo enxaqueca, justamente pela mudança dos hormônios durante o ciclo menstrual.

É comum que a menstruação esteja acompanhada de alguns sintomas que afetam muitas mulheres durante o ciclo. A dor de cabeça, por exemplo, pode surgir de duas formas. Além da enxaqueca menstrual, existe também a cefaleia de tensão, ambas acontecendo no período menstrual.

No entanto, além do enorme incômodo que é a enxaqueca menstrual, seu surgimento ainda vem acompanhado de outros sintomas. A dor costuma ser tão forte que ainda causa náuseas, vômito, sensibilidade à luz e ao som e até mesmo visão turva. Dessa forma, torna-se essencial descobrir as melhores formas de remediar o quadro da melhor maneira possível. Apesar da dor não poder ser impedida de vez, minimizar seus gatilhos já torna o problema muito menos incômodo.

Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre a enxaqueca menstrual. Aprenda também todos os tipos de tratamento para a dor, desde as soluções científicas e preventivas até as naturais.

O que é a enxaqueca menstrual?

Enxaqueca menstrual: o que é, sintomas e tratamento
Fonte: Vix

Mas afinal, o que é a tal enxaqueca menstrual? O caso é um distúrbio de dores de cabeça muito específicas e até mesmo incapacitantes. Possuem como característica o fato de serem latejantes, e sentidas de um lado da cabeça. Elas podem durar até 3 dias, e possuem influência dos hormônios, acontecendo no máximo 2 dias antes ou depois da menstruação.

Nesse sentido, é comum que a enxaqueca menstrual ocorra após a queda nas concentrações do estrogênio no organismo. Isso acontece pouco antes do período menstrual, o que causa um desequilíbrio químico no cérebro. Assim, a dor surge, acompanhada de irritabilidade, retenção de líquido, dor nas mamas e cólicas abdominais. Ou seja: a enxaqueca menstrual é uma das alterações normais do momento da TPM.

Uma característica marcante da enxaqueca menstrual e que a diferencia das outras dores de cabeça é sua intensidade. Normalmente, elas costumam durar mais e a náusea sentida é ainda maior. Assim, são chamadas de enxaquecas menstruais puras. Além disso, o problema costuma ser mais resistente aos medicamentos para dor de cabeça, o que piora ainda mais os sintomas.

Tratamento

Fonte: TV Jaguari

Existem diversos tipos de tratamento para a enxaqueca menstrual. Antes de mais nada, adotar alguns hábitos durante o período pode ajudar a amenizar o incômodo, como por exemplo:

  • Tomar um medicamento para a dor, como analgésicos, triptanos e anti-inflamatórios;
  • Repousar o máximo possível em um local com pouca luz;
  • Diminuir o ritmo de trabalho, já que o estresse é um gatilho da dor;
  • Respirar pausadamente;
  • Alimentar-se bem, de preferência com legumes e frutas.

Além disso, atividades que aliviem o estresse como meditação, caminhadas e outros hobbies também são essenciais para evitar que mais crises ocorram. Seja como for, confira abaixo outros tipos de tratamento para a enxaqueca que também podem ajudar.

1 – Triptanos para enxaqueca

Enxaqueca menstrual: o que é, sintomas e tratamento
Fonte: Tua Saúde

Os triptanos são um tipo de remédio utilizado não apenas para enxaquecas agudas como a menstrual, mas também as comuns. De forma que ela seja eficaz, é importante tomar também a sumatripina no instante em que a dor começar, mesmo que ainda fraca. Quanto maior a demora, menos eficaz será o efeito do remédio para o alívio da dor. Todavia, é possível que seja necessária uma receita médica para tal medicação. Assim, consulte um médico antes de tomar qualquer decisão.

2 – Tratamento preventivo

Fonte: Secad

Nesse sentido, a terapia hormonal também pode ajudar a diminuir a frequência das enxaquecas mais fortes. Por meio da prescrição de contraceptivos orais combinados, como a pílula e estrógeno durante a semana da menstruação, estudos descobriram que o efeito foi positivo. Dessa forma, a queda do estrógeno foi menor, o que impediu que a enxaqueca menstrual fosse tão drástica. O uso de anticoncepcionais de forma contínua ajuda a reduzir as crises e também outros sintomas da TPM.

3 – Tratamento natural

Fonte: Barão de Cotegipe

No caso do tratamento natural, substâncias com propriedades calmantes e protetoras do sistema nervoso são essenciais. Alguns exemplos são chás, como os de camomila, dong quai e semente de girassol. Além disso, compressas de alfazema também podem ajudar muito.

Por outro lado, uma alimentação balanceada também pode fazer a diferença no caso de uma crise de enxaqueca aguda. É importante que os alimentos consumidos sejam ricos em ômega 3 e antioxidantes. Assim, gengibre, maracujá e peixe devem integrar seu cardápio. Estimulantes como café devem ser evitados. Confira também outras recomendações que podem ajudar bastante no caso de uma enxaqueca menstrual:

  • Dormir bastante e ajustar o horário de sono;
  • Reduzir os níveis de estresse. Nesse sentido, evitar situações, sentimentos e períodos que são gatilhos para as crises de dor de cabeça;
  • Evitar temperaturas extremas, já que a mudança radical entre o calor e o frio pode causar dor;
  • Preferir sempre espaços mais escuros e tranquilos, sem barulhos muito altos e luminosidade intensa.

E aí, o que você achou dessa matéria sobre enxaqueca menstrual? Se te interessou, aproveite para conferir Enxaqueca na gravidez: melhores formas de evitar o problema

Fontes: Clue, Tua Saúde, Dr. Alexandre Feldman, Neurologia Integrada, International Headache Society

Imagens: Tua Saúde, Tua Saúde, Secad, Barão de Cotegipe, Vix, TV Jaguari

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você