Saúde

Menarca – O que é, como acontece e o que muda na mulher

A primeira menstruação da vida de uma mulher recebe o nome de menarca, e muda o corpo da menina completamente e para sempre.

Atualizado em 20/05/2020

A primeira menstruação da vida de uma mulher recebe o nome de menarca. Geralmente, ela acontece entre os 10 e 14 anos de idade, e faz parte da puberdade.

A puberdade para as meninas, começa quando elas têm o intenso crescimento: o início do desenvolvimento dos seios, o alargamento dos quadris e o aparecimento de pelinhos nas axilas e virilha.

A partir da menarca, outros processos fisiológicos acontecem e levam ao início da maturação sexual da mulher. Como por exemplo, o aparecimento das mamas (telarca), surgimento de pelos (pubarca), desenvolvimento do aparelho genital e, por fim, o começo da ovulação, que define a capacidade reprodutiva feminina.

Menarca - o que é, como acontece e o que muda na mulher
Capricho

O que é a menarca

A menstruação é um sangramento que acontece, em média, uma vez por mês. É o resultado do descamamento do endométrio na parede do útero, que é responsável por abrigar o óvulo caso seja fecundado. A menarca é a primeira vez que isso acontece no corpo da mulher.

É normal que nessa primeira menstruação desça inicialmente um sangue de cor escura, parecido com borra de café. Depois, o fluxo se regulariza, e pode ser menos ou mais intenso, dependendo da mulher.

Além disso, o fluxo da menstruação é contínuo, ou seja: não pode ser impedido de sair, tal como o xixi. Ele sai o tempo todo, devagar e aos pouquinhos.

Contudo, a menstruação não é líquida. De forma geral, ela tem a aparência de uma clara de ovo crua, mas de cor avermelhada. Também é normal aparecerem alguns coágulos, que são “bolinhas” de um sangue durinho. Isso acontece porque esse sangue, às vezes, demora um tempinho a mais para sair, então acaba coagulando.

O ciclo da menstruação tem 30 dias, entretanto, no início, os ciclos são irregulares e podem variar entre 28 e 40 dias. Porém, é normal ter a menarca, e a próxima menstruação vir meses depois, por exemplo.

Menarca - o que é, como acontece e o que muda na mulher
Freepik

Sintomas

Dias antes da descida da menarca, a mulher pode começar a ter, pela primeira vez, os sintomas da famosa tensão pré-menstrual (TPM). Alterações de humor, retenção de líquidos, aumento da sensibilidade das mamas, cólicas abdominais e câimbras são sinais e sintomas comuns.

Outro sinal importante que pode aparecer é um corrimento fisiológico. Ele é resultado do aumento da produção de estrogênio pelos ovários, que gera alterações na mucosa da vagina. Dessa forma, ele costuma ser fino, de coloração esbranquiçada, não tem odor e não provoca coceira ou ardência.

Menarca - o que é, como acontece e o que muda na mulher
Diários dos Campos

E depois?

É importante a menina usar protetores menstruais, que irão fazer com que a menstruação não suje suas roupas. Eles podem ser internos, que são inseridos dentro do canal; ou externos que ficam por fora, absorvendo o fluxo que já saiu. Nas primeiras menstruações, provavelmente será mais confortável utilizar um protetor externo, como por exemplo; o absorvente externo ou a calcinha absorvente.

Na puberdade, que é quando ocorre a menarca, as meninas produzem muitos hormônios, que são responsáveis por deixar a pele mais oleosa. Assim sendo, é normal surgir alguns cravos e espinhas. Entretanto, elas não estão ligadas diretamente a menstruação.

Durante a menstruação, é normal a menina sentir o intestino mais solto. Afinal, o intestino tá ali pertinho do útero, que está sendo espremido para fazer o sangue sair, então ele acaba sendo espremido também.

As cólicas menstruais são resultado das contrações do útero para expelir o sangue. Entretanto dores fortes demais, em que a menina não consegue nem sair da cama, não é normal.

Menarca - o que é, como acontece e o que muda na mulher
Gazeta News

Por fim, se você gostou dessa matéria, também vai gostar de Calcinha absorvente – O que é, como usar, benefícios e contraindicações.

Fonte: Mdsaude, Herself, Unimedlondrina.

Imagens: Gazetanews, Diariodoscampos, Freepik, Avozdacidade, Capricho.