Beleza

Cabelo crespo com luzes: inspirações e dicas para cuidar dos fios

O cabelo crespo com luzes é a melhor forma de valorizar os cachos e iluminar o visual, mas é preciso tomar cuidado com a saúde do cabelo.

Fazer luzes no cabelo crespo é uma das melhores formas de acentuar ainda mais a beleza dos cachos finos. A técnica é uma das favoritas de muitas, pelo fato de iluminar e dar profundidade aos fios. Dessa forma, é possível deixar o cabelo ainda mais interessante e divertido, mesmo sem uma mudança mais drástica. Todavia, um cabelo crespo com luzes precisa de muitos cuidados, de modo que o efeito, além de bonito, também possua muita saúde.

Para valorizar o cabelo crespo com luzes, entender um pouco sobre as melhores cores na hora da aplicação e as principais técnicas é essencial. Ao passar pelo processo, é importante que a textura dos fios permaneça valorizada, já que muitas vezes, uma só cor não deixa os cachos tão evidentes. Nesse sentido, uma das melhores formas de arrasar no tom das luzes é acertar o ponto do loiro, bem como a técnica escolhida e a rotina de cuidados.

Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre como fazer um cabelo crespo com luzes perfeito, bem como os cuidados necessários e dicas de diferentes técnicas para o procedimento.

Tons para o cabelo crespo com luzes

A escolha do tom de luzes deve ser feita com muito cuidado. Antigamente, o processo consistia em clarear apenas alguns tons, mas hoje em dia, existem inúmeras possibilidades. Para um visual mais discreto, com um pouco de profundidade e luz para as madeixas, é bom apostar em um tom apenas um pouco mais claro que a cor natural. Todavia, para quem quer uma mudança radical, toma-se outro caminho. É possível escolher entre nuances muito mais abertas, por meio de um contraste incrível e com muita personalidade.

Os efeitos mais populares costumam variar entre as luzes loiras, cor de mel e até mesmo platinadas. Seja como for, a escolha é inteiramente sua. O essencial é conversar bastante com seu cabeleireiro, e acima de tudo, realizar o procedimento com um profissional. Ao optar pelo loiro, as mechas só precisarão ser descoloridas, mas para luzes platinadas ou mel, será preciso tonalizar ou matizar o cabelo.

Antes de descolorir o cabelo

Na hora de descolorir o cabelo para conseguir o crespo com luzes, você precisa saber de algumas coisas. Antes de mais nada, o simples processo de descolorir os fios já é extremamente agressivo, e pode prejudicar a estrutura da fibra capilar, caso não seja feito com cuidado.

1. Dessa forma, realizar o procedimento com um profissional é essencial.

2. Além disso, antes de passar pelo tratamento, é importante garantir que o cabelo esteja saudável e forte. Além do pigmento, nutrientes e vitaminas essenciais para a saúde capilar são retirados.

3. No caso de cabelos muito danificados, realizar um cronograma capilar completo antes de descolorir é uma boa opção. Nesse sentido, entram os ciclos de nutrição, hidratação e reconstrução, de forma que o cabelo esteja bem preparado para receber o procedimento.

Técnicas de iluminação do cabelo crespo

Existem muitas técnicas diferentes de iluminação para o cabelo crespo. Em uma base de fios escuros, por exemplo, um loiro dourado ou mel oferece um visual harmônico. Nesse sentido, tonalidades complementares valoriza o formato dos cachos e dá destaque ao volume, ajudando na dimensão. Para um aspecto mais discreto, porém, mantendo o visual escuro com mechas castanhas, o tom de chocolate é a melhor escolha. No caso dos cabelos claros, nada como um platinado para ficar moderna e descolada.

1 – Ombré hair

O ombré hair é uma das melhores técnicas para quem está entrando no mundo das luzes, mas tem medo do resultado. Ele mantém a raiz na cor natural, clareando os fios gradualmente até o tom mais claro. Assim, o visual fica muito natural, evitando muitas idas ao salão para retocar a cor. Até quem tem o cabelo curtinho é beneficiada pelo método, já que o cabelo crespo curto com luzes fica muito elegante. Você só precisa deixar alguns centímetros a partir da raiz na cor natural, colorindo a partir das molinhas até as pontas.

2 – Balaiagem

Você já ouviu falar sobre a balaiagem? Para quem deseja mechas mais marcadas, a opção é a ideal. Feita desde a raiz, o tom corre em mechas mais grossas, com um resultado mais impactante. O contorno do rosto com os fios mais marcados é muito popular, já que ilumina a região. Para quem quer ficar completamente loira um dia, a técnica é uma boa forma de começar.

Todavia, para manter o efeito, a manutenção deve acontecer com mais frequência. O retoque deve acontecer a cada 3 meses, no mínimo, a depender do comprimento do cabelo. As luzes podem ser feitas em um loiro escuro como mel ou caramelo, para iluminá-los. Para clarear totalmente os fios, porém, aposte em um loiro mais claro.

3 – Babylights

As babylights oferecem um visual versátil e sofisticado para o cabelo crespo com luzes. Suas mechas finas, puxadas da raiz até as pontas, ajudam a clarear os cachos de uma forma mais sutil, algo que ajuda o tom a se adaptar a todos os tipos de fios. A opção é perfeita para quem deseja um resultado discreto e natural.

Em relação à quantidade de mechas clareadas, a preferência é sua. Seja como for, o visual ficará muito suave, como se as mechas fossem feitas pelo sol. Todavia, mesmo que pouco do cabelo seja iluminado, ainda é necessário retocar com frequência, para prolongar o efeito bonito.

Cuidados com o cabelo crespo com luzes

Ainda mais importante do que uma boa descoloração é o tipo de cuidado que se precisa ter com o cabelo antes e depois do processo. Antes de mais nada, o cabelo precisa estar muito saudável para passar pelo procedimento químico. Sem essa garantia, os fios podem ficar ressecados, especialmente nas pontas. Depois de descolorir, passar por uma boa reconstrução capilar ajuda a fortalecer os fios e impedir que os cachos se desfaçam. Além disso, manter o cronograma capilar evita que o cabelo perca o volume, a hidratação, a nutrição e a reconstrução de praxe.

1 – Mantenha a hidratação em dia

No caso dos cabelos crespos, a hidratação frequente deve ocorrer até mesmo sem a ameaça do ressecamento de possíveis luzes. O processo deixa os fios macios, brilhosos e saudáveis, devolvendo a oleosidade natural que os cachos mais compactos não recebem tão bem. Todavia, após fazer luzes, eles precisam de um tratamento com produtos voltados justamente para quem passou por clareamento ou descoloração.

2 – Cada tipo de luzes precisa de um cuidado diferente

Pelo fato de existirem várias técnicas diferentes para cabelo crespo com luzes, da mesma forma, a rotina de cuidados deve ser adaptada para cada uma. Pelo fato de geralmente já serem naturalmente mais escuros, por exemplo, ao passar por uma descoloração tanto mais suave quanto mais intensa, os fios exigem um tratamento correto. Naturalmente, depois de clareado, o fio perde nutrientes, proteínas e melanina, ficando mais exposto. Assim, quanto mais claro, maior deve ser o cuidado depois do procedimento.

Seja como for, outros processos antigos ainda podem afetar o cabelo tanto quanto um clareamento recente. Esse é o caso de colorações e descolorações anteriores, químicas passadas e até mesmo o estado de saúde dos fios antes das luzes, que é recomendado que seja bom. Por fim, o que importa é um bom olho do profissional realizando o procedimento, de forma que nada prejudique a estrutura da fibra capilar.

3 – Utilizar produtos específicos para o cabelo crespo com luzes

Naturalmente, o cabelo crespo não deve ser lavado todos os dias. Isso ocorre pelo fato do fio possuir uma tendência ao ressecamento, tanto no comprimento quanto nas pontas. Com as mechas loiras, tal quadro se intensifica. Na hora de higienização, então, o cuidado deve estar redobrado, mas lavar os fios 1 ou 2 vezes por semana já é o suficiente para eliminar impurezas e preservar a oleosidade natural. Além disso, alternar entre o uso de um shampoo para cuidar dos cachos e um para as luzes também é ideal.

4 – Respeite os limites do seu cabelo

Apesar da vontade de clarear o cabelo e radicalizar no visual, é essencial respeitar os limites da saúde de suas mechas. Cada tipo de fio responde à química de modo diferente. No caso de cabelos muito escuros e o desejo de clarear vários tons mais claro, por exemplo, é possível que o cabeleireiro recomende dividir o processo em 2 partes, de forma que o fio se recupere da agressão. O profissional pode até mesmo sugerir que você evite utilizar o secador para não sensibilizar ainda mais a fibra capilar, resultando em frizz. Esse tipo de recomendação deve sempre ser seguida.

5 – Faça uma boa finalização

No caso do cabelo crespo com luzes, a finalização deve sempre valorizar as novas mechas loiras. Geralmente para esse tipo de fio, a finalização consiste em misturar leave-ins com o intuito de definir e dar brilho aos cachos. Tal ritual, porém, também pode ajudar muito na saúde do cabelo, já que ele fica sensibilizado após as luzes. O essencial é apostar em um produto que fortaleça a estrutura, reduzindo a quebra e mantendo o fio protegido da exposição a agentes externos, como a poluição e a umidade.

Se você se interessou por essa matéria sobre cabelo crespo com luzes, aproveite para conferir Como recuperar cabelo descolorido? 6 Dicas infalíveis

Fontes: Segredos de Salão, Fique Diva, Tô de Cacho, L’Oréal Paris, Eu Total

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você