Beleza

Cravo no rosto, como se formam? Dicas para se livrar deles

A busca por uma pele bonita e saudável pode não ser tão fácil. Diversos são os fatores que originam os cravos no rosto.

Diferente das famosas espinhas que são mais comuns na adolescência, os cravos podem aparecer na pele em qualquer época da vida. Eles costumam aparecer com mais frequência em peles oleosas, devido ao entupimento dos poros. No entanto, os outros tipos de pele não estão completamente livres desse incômodo. Por isso, muitas pessoas sofrem com o aparecimento de cravos no rosto.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, os cravos não são bichinhos vivendo na nossa pele. Na verdade, eles se formam a partir do acúmulo de sebo nos folículos pilosos. No entanto, alguns tipos de bactéria e ácaros se formam nesse tipo de ambiente, podendo gerar uma infecção e, como resultado disso, espinhas.

Dito isso, outra dúvida que pode surgir é se cravos no rosto sempre viram espinhas. Bom, a resposta é não. O que ocorre é que existem dois tipos de cravos, como iremos falar mais a diante. Nos tipos de cravos brancos, bactérias podem se desenvolver e se proliferar na região, já que o cravo é fechado. Desse modo, espinhas podem acabar se formando.

Como se formam os cravos na pele

Cravo no rosto: como se formam e dicas para se livrar deles
Fonte: Em Tempo

Como falamos antes, a liberação de óleo em excesso pelas glândulas sebáceas provoca o entupimento dos poros, formando os cravos. Por isso, peles oleosas costumam sofrer mais com esse problema. Além disso, o acúmulo de impurezas na pele também contribui para a formação dos cravos.

Tipos de cravos

Existem dois tipos de cravos na pele: os escuros ou fechados e os claros ou abertos. Saiba mais sobre eles a seguir.

Escuro ou fechado: também chamados de cravos pretos, esses são aqueles poros entupidos mais largos, que ficam em contato com o ar. Por esse motivo, ele apresenta a cor mais escura. Além disso, eles são resultado do acúmulo de impurezas, células mortas e resquícios de produtos na pele, como maquiagem.

Claro ou aberto: esse tipo também pode ser chamado de cravo branco. Nesses casos, os poros são mais estreitos e não tem contato direto com o ar, por isso sua cor é clara.

Como não remover cravos no rosto!

Antes de te ensinar como manter a pele do seu rosto livre dos cravos, vamos te dizer o que não fazer de jeito nenhum quando eles surgirem. Isso porque receitas mirabolantes e alguns hábitos podem acabar deixando a pele marcada, com manchas, resultar em espinhas e piorar a situação.

Creme dental no rosto

Cravo no rosto: como se formam e dicas para se livrar deles
Fonte: Dicas de Mulher

Uma receita que não deve ser seguida, mas é muito famosa é passar creme dental no rosto. Isso porque, além de não remover os cravos, o creme dental pode causar dermatite na pele. Por isso, passe longe desse tipo de receita para não aumentar ainda mais a lesão na sua pele

Não esprema os cravos

Pode ser uma tarefa difícil, mas nunca esprema os cravos do seu rosto. Isso porque você irá empurrar ainda mais o sebo e as bactérias para o interior da pele, podendo gerar inflamações. Desse modo, os cravos continuarão lá e você pode gerar marcas e cicatrizes na pele. Por isso, nada de espremer espinhas e nem os cravos.

Não lave o rosto excessivamente

Na tentativa de diminuir a oleosidade, que provoca a formação de cravos e espinhas, algumas pessoas acabam lavando demasiadamente a pele. No entanto, isso é um erro muito comum. E, além de provocar irritações na pele, pode ser provocado também o efeito rebote. Desse modo, para tentar compensar a falta de oleosidade que é removida durante tantas lavagens, as glândulas sebáceas irão produzir ainda mais óleo.

Como evitar os cravos na pele

Você já entendeu mais sobre como se formam e o que não fazer para remover os cravos do rosto. Agora, acompanhe essa lista para manter sua pele longe desses pontinhos.

Higienização adequada

Fonte: Veja Saúde

O primeiro passo para manter uma pele linda e saudável é deixar ela sempre limpa. Portanto, para deixar os poros desobstruídos, invista em uma rotina de limpeza e proteção. Sendo assim, adote produtos adequados para o seu tipo de pele, lavando duas vezes ao dia: ao acordar e antes de dormir.

Além disso, utilize água micelar para remover qualquer impureza que o sabonete não conseguiu alcançar. E para deixar sua pele protegida, não esqueça de um tonificante e também de hidratante facial. E por último: sempre remova a maquiagem antes de dormir.

Alimentação saudável previne cravos no rosto

Fonte: Vita

Um dos fatores que pode gerar o aumento de sebo na pele é a alimentação. Portanto, seguir uma dieta balanceada é fundamental para manter o rosto livre dos cravos. Alimentos ricos em carboidratos simples e em açúcar, como a farinha branca e o chocolate, por exemplo, pode ser vilões em alguns casos. Isso porque eles geram o aumento de insulina no sangue, como resultado disso, a produção das glândulas sebáceas também é maior, deixando a pele mais oleosa.

Mas além dos carboidratos e açúcares, as frituras e alimentos como o leite, que são gordurosos, também contribuem para a formação dos cravos no rosto. Por isso, busque diminuir o consumo dessas comidas e adote hábitos alimentares com consumo de frutas, vegetais e alimentos naturais.

Além de manter uma alimentação saudável, é importante também manter a pele sempre muito bem hidratada. Por isso, consumir pelo menos 2 litros de água por dia é fundamental.

Esfoliação para manter os cravos longe da pele

Investir na esfoliação da pele pelos menos três vezes por semana é uma ótima alternativa. Principalmente nas regiões da pele que costuma ser mais afetadas como, por exemplo, nariz. A hora do banho é um ótimo momento para isso já que os poros estão mais dilatados. Ademais, busque produtos leves e delicados, especiais para a pele facial. No entanto, não exagere na esfoliação, ainda mais se sua pele for muito sensível.

Faça limpeza de pele

Cravo no rosto: como se formam e dicas para se livrar deles
Fonte: Dicas de Mulher

Para manter os cravos longe do rosto, a limpeza de pele também não pode ser dispensada. Sendo assim, faça o procedimento sempre que sentir a necessidade. A pele mais oleosa, por exemplo, pede uma limpeza pelos menos duas vezes ao mês. Mas peles que não sofrem com oleosidade podem ficar até quatro meses sem limpeza de pele.

É importante ressaltar ainda que esse é um procedimento estético que só deve ser realizado por um profissional capacitado.

Invista em produtos adequados

Em alguns casos, os tratamentos cosméticos se tornam a melhor opção. Por isso, procure produtos que possuam ativos que combatem a oleosidade a formação de cravos. Entretanto, produtos menos invasivos na rotina de skincare também são uma alternativa.

Por isso, invista naqueles ideais para o seu tipo de pele e que farão parte da sua rotina de limpeza e cuidados. Quem possui pele oleosa, por exemplo, deve usar cosméticos oil free e com textura mais leve. Aqueles que são base de gel também devem ser priorizados, pois deixam a pele mais sequinha.

Procure um dermatologista

Cravo no rosto: como se formam e dicas para se livrar deles
Fonte: Via Pelle

Como falamos de pele, não podemos deixar de falar em dermatologistas. Isso porque, mesmo seguindo uma rotina de cuidados, é importante também consultar a opinião de um especialista. Por isso, fique longe de receitas que parecem milagrosas e procure um dermatologista para indicar os melhores produtos e tratamentos para a sua pele.

Leia também: Como tirar espinhas e cravos do rosto com 3 dicas de ouro, Aprenda a fazer cera caseira para tirar cravos

Não deixe de visitar a lojinha online Pele de Pêssego para conhecer produtos específicos para os cuidados com a pele.

Fontes: Sallve Nova Cosméticos Terra

Imagens: O Petróleo Em Tempo Dicas de Mulher Veja Saúde Vita Dicas de Mulher Via Pelle

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você