Curiosidades

Borra de café no rosto: razões para você não usar esse esfoliante caseiro

Usar borra de café no rosto é uma receita caseira bastante popular. No entanto, médicos alertam quanto aos riscos do seu uso.

O café possui diversos benefícios, tais como, acelerar o metabolismo queimando as gorduras, melhorar a memória, fortalece o coração, previne algumas doenças, entre outros. No entanto, as propriedades do café também vêm sendo usadas para melhorar a aparência da pele. Por isso, muitas mulheres vêm usando borra de café no rosto como um esfoliante para evitar olheiras, rugas e cravos.

Em suma, basta fazer o café normalmente, e após coar o café usar a borra quando estiver fria. Contudo, também há a opção de acrescentar outros componentes para potencializar suas propriedades, como o mel, por exemplo. Dessa forma, a borra de café atua controlando a oleosidade natural e até clareando manchas da pele.

Borra de café no rosto: razões para você não usar esse esfoliante caseiro
Globo

No entanto, médicos alertam quanto ao uso da borra de café no rosto como esfoliante. Segundo eles, os estudos que comprovam sua eficácia são controversos. Inclusive, a borra de café pode causar escoriações ou inflamações na pele. Por outro lado, o óleo dos grãos verdes e da borra de café vem sendo muito utilizado nos produtos cosméticos, como cremes faciais e corporais.

Pois, o óleo dos grãos de café verde e da borra do café possui componentes que atuam como anti-inflamatórios e antioxidantes, além de polifenóis, triacilgliceróis, esteróis e tocoferóis. Segundo estudos da Universidade Federal do Rio de Janeiro, esses componentes atuam hidratando e protegendo a pele. Além disso, também estimula a síntese de colágeno e elastina, proporcionando maior elasticidade e resistência da pele.

Borra de café no rosto: faz mal?

Borra de café no rosto: razões para você não usar esse esfoliante caseiro
Revista Cláudia

Apesar de muitas indicações sobre seus benefícios, como clarear manchas e olheiras, ajudar no tratamento de cravos e espinhas, melhorando a aparência da pele. Especialistas alertam quanto aos riscos do uso da borra de café no rosto. Pois, diferente dos cosméticos industrializados, a borra de café pode conter micropartículas irregulares que ao entrar em contato com a pele acaba agredindo mais do que tratando. Impactando negativamente o equilíbrio natural do tecido cutâneo, causando escoriações e até inflamações na pele.

De acordo com dermatologistas, os estudos realizados sobre os benefícios da borra de café são escassos, controversos e não comprovam realmente sua eficácia. Por isso, embora seu uso seja bastante popular, eles não aconselham. Pois, a borra de café pode deixar a pele vermelha e com dermatite atópica, que são pequenas bolinhas sobre a pele.

Ademais, em casos mais extremos, pode causar na pele descamações ou deixá-la com manchas que aparentam queimaduras. Dessa forma, pode deixar a pele com cicatrizes.

Borra de café no rosto: efeitos colaterais

Vix
  • Micropartículas irregulares do grão de café: Em suma, são as responsáveis por agredir o tecido cutâneo, causando pequenos ferimentos na pele. Dessa forma, passar borra de café no rosto vai deixar a pele ressecada e desidratada.
  • Aparecimento de manchas na pele: Da mesma forma, as microlesões fazem com que apareçam manchas no rosto, principalmente, se você fizer uso constante.
  • Desequilibra o pH da pele: Ademais, outro efeito colateral ao fazer uso da borra de café no rosto é o desequilíbrio do pH. Como resultado, pode desencadear alergias, coceiras, entre outros sintomas.
  • Vermelhidão e coceira: Dependendo do grau de agressão sofrido, seu rosto pode ficar extremamente vermelho. Além disso, pode começar a coçar, o que vai aumentar ainda mais as lesões e a irritação.
  • Piora a aparência dos cravos e espinhas: Enfim, ao contrário do que muitos acreditam, a borra de café no rosto vai piorar a aparência de cravos e espinhas. Pois, as lesões podem inflamar as espinhas, já que o desequilíbrio do pH aumenta a produção sebácea.

Quando seu uso é benéfico?

Borra de café no rosto: razões para você não usar esse esfoliante caseiro
Revista Cláudia

Enfim, apesar do uso de borra de café no rosto agredir o tecido cutâneo, o extrato dos grãos de café verde são extremamente benéficos e indicados para a produção de cosméticos. Devido a sua ação antioxidante.

Segundo estudos, o grão de café verde quando está na fase de amadurecimento, ele ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo. Proporcionando uma pele mais bonita e luminosa. No entanto, ele sozinho não possui uma ação muito forte. Por isso, deve ser usado moído e inserido em produtos de tratamentos cosméticos para ter uma reação mais rápida e eficaz. E sem agredir a pele.

Já outro estudo com o óleo dos grãos verdes e da borra de café, realizado pela Universidade Estadual Paulista de Araraquara juntamente com a Universidade de Lisboa fez com que criassem um protetor solar natural. Ademais, esse protetor atua potencializando o fator de proteção solar de um creme de 15 para 35 de forma natural.

Enfim, de acordo com especialistas, o uso de borra de café no rosto não é indicado. Inclusive, outras receitas de esfoliantes caseiros também podem ser prejudiciais. Por isso, antes de fazer uso de qualquer tipo de produto, seja caseiro ou industrializado, consulte um dermatologista. Pois, somente ele poderá indicar o produto ideal para seu tipo de pele.

Então, se você gostou dessa matéria, leia também: Café no cabelo, como usar? Benefícios e receitas caseiras.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você