Curiosidades

Inferno astral: o que é, quando acontece, como afeta seu signo

O inferno astral é um período incompreendido, onde apesar das coisas parecerem mais difíceis, é um bom momento para a introspecção.

É fato que a simples expressão “inferno astral” não possui uma fama muito boa por conta de seu nome. Seja como for, a palavra “inferno” não faz jus ao real significado do período. Muitos entendem o inferno astral como uma fase em que as coisas ficam turbulentas, onde alguém passa dificuldades ou sofre bastante.

A realidade do acontecimento surge assim que sua data de aniversário está se aproximando. Normalmente, muito nesse período não costuma dar certo, e até mesmo a saúde pode ficar debilitada, bem como os negócios e o ânimo.

No geral, o inferno astral é um momento em que as energias estão baixas. O período pode até mesmo ser considerado uma provação, de forma que todas as forças negativas fiquem para trás antes do início de um novo ciclo.

Seja como for, a simples existência de um inferno astral ainda é incerta. Afinal, sequer existem registros do acontecimento na literatura astrológica, e muitos acreditam que ele seja uma invenção do século XX. Seu significado não possui muita base para os estudiosos mais tradicionais da astrologia.

Seja como for, o fato do período anteceder o aniversário de alguém já é importante, pois está relacionado ao encerramento de um ciclo astrológico. Assim, o inferno astral pode sim ter impacto na vida de muitos, já que se trata de uma fase de reflexão e introspecção a respeito de suas escolhas.

O momento do inferno astral

O período do inferno astral corresponde, aproximadamente, aos 30 dias antes da data de nascimento de alguém. Basicamente, ele é o encerramento de um ciclo do sol durante um ano de vida. Todos os anos, o aniversário funciona como um renascimento, assim que o Sol retorna à exata posição em que alguém nasceu. Tal movimentação se chama “Revolução Solar”, ou “Retorno Solar”. Seja como for, durante essa fase, é possível que você tenha a sensação de que está se preparando para algo novo, ou seja, um novo ano pessoal.

Assim, é provável que o momento seja de turbulência, pelo fato do aniversário também significar repor as energias. Nessa fase, as forças de alguém são reabastecidas com energia positiva, de forma que um novo ciclo solar aconteça. Conforme o tempo passa, as energias são gastas. No 11º mês, elas já estão praticamente esgotadas. Assim, em uma questão astrológica, esse é o exato momento em que o Sol chega na última casa do mapa astral, causando muita reflexão e energias confusas, como irritação e mau humor.

Todo inferno astral é ruim?

Apesar do que pode parecer, nem todo inferno astral é negativo e recheado de energias ruins. O período não está relacionado ao azar, mas sim à reflexão e introspecção. Nesse sentido, a atitude ideal é acumular o que resta de sua energia, bem como avaliar tudo aquilo que foi feito durante os últimos meses. Assim, é possível descobrir de que forma você evoluiu e onde estagnou.

A partir disso, é possível parar de ver o mês do inferno astral como “infernal”, mas sim como uma oportunidade de crescimento. E acima de tudo, entender que essa é apenas uma fase.

O inferno astral de cada signo

Como o inferno astral acontece sempre 30 dias antes de seu aniversário, obviamente, o inferno astral de cada signo é aquele que o antecede. Cada signo do zodíaco possui um inferno astral e um paraíso astral. Ao contrário do inferno astral, o paraíso é um momento em que você pode encontrar maior felicidade do que desafios. O paraíso astral diz respeito ao quinto signo a partir do seu, e o período é recheado de boa sorte e força de vontade para alcançar seus objetivos. Todavia, tudo depende de você e de seu mapa astral.

1 – Áries

O inferno astral de Áries está em Peixes. Nesse momento, é essencial buscar entrar em contato com sua sensibilidade, bem como admitir que existem outras pessoas no mundo além de você. Isso pode ser difícil para os arianos e sua impaciência nata, já que pessoas desse signo costumam se preocupar apenas com suas vontades. Assim, envolver-se com os problemas dos outros é um teste de tolerância.

Já no caso do paraíso astral, a casa está em Leão. De forma que o ariano consiga tudo o que deseja, ele necessita de muito movimento e ação. Assim, a fase de Leão é perfeita para impulsionar seus atos, bem como o orgulho por suas conquistas. O momento é favorável para iniciar novos projetos corajosos e ousados, já que a autoconfiança em alta pode auxiliar e muito.

2 – Touro

Por outro lado, o inferno astral de Touro cai justamente em Áries. Tamanha impulsividade e ousadia é o suficiente para desestabilizar um taurino, acostumado com a acomodação e estabilidade. Normalmente, você pode se sentir pressionado a sair de seu porto seguro e de seu conforto.

O paraíso astral de Touro está em Virgem, já que taurinos possuem uma grande preocupação em serem produtivos. A habilidade de ser criterioso e eficiente é então concedida por Virgem, e a fase é ideal para dar vida às ideias criativas e até mesmo relacionamentos.

3 – Gêmeos

Ao contrário de Touro, que é seu inferno astral, Gêmeos detesta o conservadorismo e a estabilidade, algo que é tedioso para o signo. Afinal, novidades movem geminianos, mas muitas vezes, é necessário abrir mão de desejos materiais imediatos, de forma que as economias sejam poupadas para tempos mais difíceis.

Contudo, por meio de Libra, o paraíso astral de um geminiano está recheado de simpatia e vontade de criar novas relações. O charme de Gêmeos está em alta nessa fase, portanto, ela é perfeita para ativar a vida social e até mesmo a vida amorosa. Dê preferência aos passatempos que lhe ofereçam maior bem-estar.

4 – Câncer

Certas coisas podem assustar um canceriano, e sair de seu conforto sentimental para fazer novas amizades e ampliar os conhecimentos são algumas delas, algo presente em seu inferno astral, Gêmeos. Normalmente, pessoas do signo de Câncer só encontram segurança ao redor de seus conhecidos, portanto, a socialização constante geminiana pode ser um grande desafio.

Durante a fase de Escorpião, seu paraíso astral, a vida do canceriano fica muito mais fácil por conta de suas emoções voláteis. Escorpião é responsável por transmitir a estabilidade emocional necessária para que Câncer perca seu medo da rejeição. Assim, o momento é excelente para avaliar tudo que desperta suas paixões.

5 – Leão

O orgulho de Leão pode ser pisoteado durante o inferno astral em Câncer. Normalmente, o signo se dá bem por esconder seus sentimentos, e conversas onde deve demonstrar suas emoções e fragilidades não são ideais. Além disso, a fase dá ainda mais chances para que o medo da rejeição leonina fique exposto.

A vida social movimentada e empolgação de Leão combina perfeitamente com seu paraíso astral, Sagitário. Nele, o leonino brilha, expressando toda a sua generosidade. Assim, o mês é bom para ampliar o conhecimento de várias formas diferentes, como viagens longas e estudos específicos.

6 – Virgem

Ao contrário de seu inferno astral, Leão, Virgem detesta ser o centro das atenções. Portanto, receber os holofotes pode ser algo complicado para uma personalidade tímida, já que receber muita atenção também implica em ser alvo de críticas. Muitas delas podem ser fatais para a autoconfiança frágil virginiana.

Por meio de Capricórnio, porém, o virginiano vive um paraíso astral marcado pela organização e critério. A seriedade e a disciplina oferecida por Capricórnio é perfeita para que desenvolva seu propósito no mundo, e o momento é ideal para descobrir um método de trabalho que traga maior reconhecimento.

7 – Libra

Viver a vida com tranquilidade, de forma leve e bela é a maior vontade de um libriano. Todavia, o inferno astral em Virgem faz com que Libra precise encarar suas responsabilidades, e isso pode destruir a harmonia interna do signo.

A socialização nata de Libra é exercitada por meio de seu paraíso astral em Aquário. Nesse momento, é possível exercer todas as suas habilidades diplomáticas, sejam elas no trabalho ou entre amigos. Além disso, é uma ótima fase para fazer novas atividades entre amigos, bem como novas amizades.

8 – Escorpião

Escorpianos gostam de viver na quietude de seu próprio mundo e observar seus arredores. A socialização de Libra, seu inferno astral, torna-se um desafio para Escorpião. Afinal, ter uma vida social mais solta pode ser complicada, já que no fundo, a vontade escorpiana é ser aceito em seus ciclos sociais.

Emoções estão em alta durante o paraíso astral em Peixes dos escorpianos. Nessa fase, é possível se jogar de cabeça em todos os assuntos da vida, sejam eles emocionais ou de outros rumos. A fase é perfeita para canalizar as emoções e cultivar o romance por meio de programas culturais e relações prazerosas.

9 – Sagitário

Por outro lado, entender suas próprias emoções como Escorpião faz pode ser difícil para Sagitário, e não é à toa que o signo é seu inferno astral. Sagitarianos gostam de aproveitar a vida e da diversão ao máximo, mas entender o que acontece dentro deles pode esgotar toda a alegria e o otimismo de seus dias. Assim, é importante buscar transformar as mágoas e ressentimentos que não dão atenção.

Durante o paraíso astral em Áries, os sagitarianos encontram ainda mais motivos para expandir os horizontes e correr atrás de metas que façam seus olhos brilharem. Dessa forma, o período é bom para assuntos que envolvam iniciativa e competição, tanto no trabalho quanto nas relações afetivas.

10 – Capricórnio

Ser movido pela realidade pode até mesmo ser a razão capricorniana, e encarar que não possuem controle sobre tudo durante o inferno astral em Sagitário pode ser difícil. Afinal, a preocupação em passar uma imagem séria e robusta ao mundo é desfeita, e muitas vezes, apenas a fé e o otimismo podem salvá-los.

A lealdade e o comprometimento de Touro fazem com que o paraíso astral de Capricórnio não seja nada além de óbvio. A fase é perfeita para relaxar, pois o capricorniano sabe que está seguro com um signo tão responsável e perfeito para depositar suas ambições. Além disso, o momento pode ser bom para novas relações amorosas.

11 – Aquário

Restrições são o suficiente para levar o aquariano à loucura. Esse é o caso de Capricórnio, seu inferno astral. Regras e deveres sufocam sua natureza criativa. Todavia, aquarianos possuem um lado tradicional e conservador que, apesar de não admitirem, é tão importante quanto, e o inferno astral é excelente para fazê-los perceberem isso.

A associação com o paraíso astral em Gêmeos é extremamente estimulante para os aquarianos, principalmente na questão intelectual. Isso acontece porque a curiosidade geminiana instiga a parte inventiva de Aquário, algo que favorece projetos inovadores, bem como novas relações afetivas.

12 – Peixes

A emoção nata dos piscianos entra em conflito com a racionalidade e a independência de Aquário, seu inferno astral. A tendência às carências pode ser difícil, mas o pisciano irá aprender que pode ajudar o próximo, mas sem que eles suguem toda a sua vitalidade.

Como já era esperado, Peixes encontra em Câncer um paraíso astral marcado pelo sentimentalismo e pelo romance. Junto de Câncer, os piscianos podem deixar as emoções e a criatividade correrem soltas, já que encontram proteção, compreensão e muita segurança. Além disso, o período ainda consegue acalmar seus corações, o que ajuda na busca por viver uma história de amor.

Curiosidades sobre o inferno astral

Além de todas as questões que envolvem o inferno astral e os signos do zodíaco, existem ainda algumas curiosidades muito interessantes sobre essa fase. Seja como for, elas ainda ajudam a entender que ainda existe uma luz no fim do túnel. Muitas vezes, o inferno astral pode acabar se tornando o paraíso astral, dependendo do ponto de vista.

1 – Momento de reflexão no inferno astral

Problemas devem existir. Apesar deles serem complicados, são perfeitos para proporcionar o crescimento, bem como aprender a lidar com novas situações e, por fim, aprender a não repeti-los. Assim, os problemas enfrentados no inferno astral são quase como uma lição de casa, e no fim, você pode olhar para trás e ver o quanto evoluiu.

2 – Signos diferentes, reações diferentes

Não existe um inferno astral sequer que seja igual ao outro. Dessa forma, jamais compare o seu momento com o de outra pessoa. Cada um reage ao período de uma forma diferente, já que cada um possui uma personalidade e temperamento. Isso está relacionado aos signos. Dependendo do seu, você pode encarar o momento com naturalidade, ou talvez com a cabeça erguida para enfrentar o momento difícil. Por outro lado, muitos podem perder a cabeça.

3 – Tudo é um bônus

Os 30 dias de inferno astral podem ser difíceis e deixar qualquer um com os nervos à flor da pele. Tudo irrita e tudo dá errado. Contudo, o período existe para que você exercite o desapego, colocando um ponto final em um ciclo em que suas energias já estão esgotadas. Assim, aproveite o momento para organizar suas ideias, bem como se desfazer de qualquer coisa que não seja boa para você.

4 – Evite criar expectativas

Criar expectativas em dias comuns já pode ser algo complicado. No inferno astral, o problema fica ainda maior. Apesar de desejar que tudo saia conforme planejado, nada é como você imagina. Dessa forma, deixe rolar e viva a vida sem se preocupar com o que pode acontecer. Quanto mais você espera, maior é a probabilidade de acabar com um balde de água fria.

5 – Desvie do inferno astral

Agora que você já sabe quando e como o inferno astral acontece, já pode começar a se preparar para driblar esse problemão e os eventuais nervosismos. Assim, planeje uma viagem, bons momentos com os amigos, uma aventura ou qualquer coisa que te ajude a esquecer da rotina. Da mesma forma, faça uma limpeza espiritual, eliminando todas as energias negativas que te impedem de passar para uma nova fase.

Se você se interessou por essa matéria sobre o que é inferno astral, aproveite para conferir Lua no mapa astral, o que é? Características dos signos no satélite

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você