Receitas

Receita de como fazer ovo frito sem óleo, usando apenas água

Gosta de ovo frito, mas está de dieta? Seus problemas acabaram! Descubra, na matéria, como fazer ovo frito sem óleo, usando apenas água:

Como você prefere os ovos? Cozido, mexido, poché ou frito? Na verdade, ele ganha mais atenção quando está estrelado no óleo ou na manteiga.

Mas, dá para dizer tranquilamente que ovo é bom de muitas formas. Não é verdade?

Agora, se você está de dieta, mas não abre mão de comer bem, fique sabendo que seu “zoiúdo” (como é chamado pelas bandas de Goiás) não precisa sair do cardápio. Porque é possível fazer ovo frito sem óleo ou qualquer outro tipo de gordura, usando apenas água. Acredita?

Fonte: cozinha técnica

Aliás, o ovo frito sem óleo fica tão bonitão quanto o ovo estrelado tradicional. Dá até para conservar a gema mais molinha, sabe? E, conforme comentários na internet, quem já experimentou aprova o sabor.

Mas, a melhor parte de fazer ovo frito sem óleo, com certeza, é com relação é o valor calórico do alimento. Enquanto um ovo frito tem, em média, 107 calorias, o cozido ou frito na água não tem mais que 75 calorias. Interessante, não?

Como fazer ovo frito sem óleo?

Fonte: Ana Maria Braga

Para fazer seu ovo frito sem óleo, além do ovo, você vai precisar de um pouquinho de água, apenas.

A primeira coisa a se fazer é colocar a água na frigideira, cuidando para que tenha, aproximadamente, metade de um dedo de água no fundo da panela. Isso vai impedir que o ovo grude na frigideira.

O processo de “fritura” também não tem segredos: assim que a água começar a ferver, quebre o ovo e frite como faria se tivesse usando óleo. Se preferir, pode tampar a panela, para que a gema cozinhe melhor, sem precisar virar o ovo. Salgue à gosto, na hora de servir.

Por que comer ovo?

Fonte: Banco da Saúde

Simples, não? Essa é uma ótima maneira de incluir ovo em seu cardápio, sem peso na consciência. Aliás, o ovo é aconselhável porque, além de ser rico em proteína, também é fonte de vitaminas A, D, E, K e do complexo B; minerais como ferro, fósforo, manganês, potássio, ômega 3; e lecitina, uma substância responsável por interferir na absorção do colesterol, impedindo que ele seja captado pelo intestino e se acumule no sangue.

Está bom ou quer mais? Agora se quiser aprimorar ainda mais seus talentos na cozinha, não deixe de ler também essa outra matéria: 14 truques de cozinha que vão deixar sua vida mais fácil.

Fonte: Minha Vida, Dicas Online

Imagens: Cozinha técnica, Ana Maria Braga, Banco de Saúde

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

3.5 2 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você