Beleza

Cabelo oleoso – Causas, cuidados e formas de acabar com a oleosidade

Ter o cabelo oleoso pode causar problemas como caspas e coceiras. Portanto, descubra algumas formas de acabar com a oleosidade dos fios.

Ter o cabelo oleoso é muito comum e, ao contrário do que muitos pensam, não é algo ruim, aliás, o sebo natural produzido no couro cabeludo protege os fios contra a quebra e poluição. No entanto, quando a oleosidade aparece em excesso, pode ocasionar problemas como, por exemplo, dermatites, caspa e até a queda de cabelo.

Além disso, o cabelo oleoso em excesso prejudica a aparência dos fios, o que não é nada agradável, já que a autoestima da mulher está muito ligada às suas madeixas, não é mesmo?

Entre as possíveis causas da oleosidade estão as questões fisiológicas e hormonais, que levam as glândulas a produzirem mais sebo. Ademais, fatores como lavar o cabelo na água quente, uso de aparelhos que possuem temperaturas elevadas e de cosméticos errados, também podem contribuir para esse problema.

Por fim, a boa notícia é que existe uma maneira de se prevenir contra o cabelo oleoso em excesso. Então, fique tranquila, que, nós, da Àrea de Mulher, listamos algumas informações, dicas e os melhores cuidados para lidar com a oleosidade. Continue por aqui e confira!

Cabelo oleoso, como identificar?

Cabelo oleoso – Causas, cuidados + formas de acabar com a oleosidade
Portal Giro

Primeiramente, antes de começar qualquer tratamento, é preciso saber se o seu cabelo realmente é oleoso. Para isso, é preciso estar atento à alguns fatores, como, por exemplo:

Causas

via GIPHY

Então, caso você esteja com todos esses sintomas citados acima, ou com algum deles, é preciso entender as possíveis causas que podem estar agravando-os. Em geral, o cabelo oleoso acontece devido a predisposição genética e distúrbios hormonais ou glandulares, No entanto, há também outras causas que podem gerar esse problema, como:

  • Umidade;
  • Uso de produtos incorretos;
  • Lavar o cabelo na água quente;
  • Usar aparelhos como chapinha, babyliss e secador, com muita frequência;
  • Medicações;
  • Estresse;
  • Radiação solar;
  • Má alimentação.

Formas de acabar com a oleosidade dos fios

Boa Forma

Primeiramente, para acabar com o cabelo oleoso, a prioridade é manter o cabelo sempre limpo. Pode parecer fácil falando, mas para manter o couro cabeludo longe das sujeiras é preciso tomar cuidado com a constância das lavagens além dos produtos utilizados. Aliás, muitos shampoos podem acabar ressecando os fios ou aumentando ainda mais a oleosidade.

Também é preciso ficar atento ao uso de hidratantes, condicionadores e leave-ins. Esses produtos devem ser aplicados apenas apenas nas pontas. Além disso, vale lembrar que o uso exagerado dos mesmos podem estimular a produção de óleo e sebo, obstruir o couro cabeludo e causar danos aos fios.

+ Dicas para cuidar do cabelo oleoso

Cabelo oleoso – Causas, cuidados + formas de acabar com a oleosidade
Ekonomista
  • Lavar os cabelos em dias alternados: Lavar o cabelo poucas vezes ou em excesso aumenta a oleosidade;
    Aposte em um shampoo antioleosidade: Os shampoos para cabelo oleoso possuem tensoativos que se ligam nas gorduras e sujeiras e as retiram com o enxágue;
  • Utilizar condicionador e máscaras de hidratação, apenas nas pontas;
  • Evitar banhos quentes: A água quente além de ressecar a pele e o couro cabeludo, aumenta a produção de óleo no couro cabeludo;
  • Evite cremes sem enxágue;
  • Não usar álcool, vinagre ou limão para tirar o óleo: o uso desses produtos é um mito e prejudica os fios;
  • Evite utilizar aparelhos com temperaturas elevadas, como, por exemplo, secadores e chapinhas;
  • Evite exposição solar em excesso: quando for sair utilize filtro solar capilar;
  • Procure por um tricologista ou dermatologista: Um especialista poderá avaliar melhor o seu problema e, então, prescrever o melhor produto e tratamento para você;
  • Faça um cronograma capilar.

Cabelo oleoso e pele oleosa

DermaClub

Por fim, é importante ressaltar que a produção excessiva de sebo no couro cabeludo pode causar também espinhas no rosto. Isso se deve devido ao contato dos fios oleosos com a pele. Portanto, aproveite para conferir também: Como cuidar da pele oleosa: 4 passos simples que funcionam.

Fontes: Dermaclub, Sallve, Minha Vida.

Fontes das imagens: Dr. Lucas Fustinoni, Portal Giro, Ekonomista, Boa Forma, DermaClub.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você