Beleza

Cuidados com a pele negra: principais características e dicas

Cada tipo de pele tem particularidades e necessidades específicas. Conheça então as características e principais cuidados com a pele negra.

Muito se fala sobre cuidados com a pele, mas muito se esquece também das particularidades de cada tom de pele. A pele negra, por exemplo, exige cuidados específicos, pois apresenta características próprias que são diferentes da pele branca. Por isso, separamos uma lista com mitos, verdades e dicas de cuidado com a pele negra.

Por ter mais melanina, é comum ouvirmos que a pele negra exige menos cuidados. Isso porque esse composto, responsável por pigmentar a pele, dá uma fotoproteção natural de 13.4. No entanto, o uso de protetor solar é importante em todos os tipos de pele. Além disso, a alta quantidade de melanina também é responsável por causar manchas na pele negra com mais facilidade.

Sendo assim, a rotina de cuidados com a pele negra demanda alguns cuidados em particular. Além disso, existe uma variedade de tons de pele negra. Por isso, é importante conhecer seu tipo de pele e procurar um dermatologista para saber quais cuidados são melhores para você. Agora, sem mais delongas, conheça mais sobre as características e os principais cuidados com a pele negra.

Características da pele negra

Fonte: Roberta Jungmann

Segundo a classificação da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a pele negra é totalmente pigmentada. Isso ocorre porque, como falamos no início, ela possui uma maior quantidade de melanina. Por isso também, ela tem tendência a desenvolver manchas, como a melasma, por exemplo. Além disso, picadas de inseto, arranhões e cicatrizes de acne pigmentam com mais facilidade.

Outra característica comum nos tons de pele negra é a oleosidade. Isso porque a produção das glândulas sebáceas é maior nesse tipo de pele, por isso ela tende a ser bem oleosa. Por isso, problemas com acne e foliculite são bem comuns. Entretanto, a atividade das glândulas sebáceas é diferente no restante do corpo. Assim, a pele do corpo costuma ser mais seca, em especial nos joelhos. Desse modo, os cuidados com a pele negra serão diferentes dependendo da região do corpo.

Sobre a pele negra demorar mais para apresentar sinais de envelhecimento, é verdade. Isso ocorre porque esse tipo de pele possuir maior quantidade de fibroblastos, que produzem colágeno e elastina. Essas proteínas são responsáveis por dar firmeza e elasticidade à pele.

Condições mais comuns na pele negra

Cuidados com a pele negra: características e dicas
Fonte: Derma Club

Algumas doenças e condições costumam aparecer com mais facilidade nesse tipo de pele. Por isso, cuidados específicos com a pele negra são tão importantes. Veja agora algumas dessas doenças.

  • Foliculite: infecção causada por uma inflamação na raiz do pelo. Geralmente é motivada por bactéria, fungo ou vírus após depilações, lesões ao se barbear ou atrito com a roupa.
  • Dermatite atópica: doença genética, crônica que deixa regiões da pele seca, com crostas que coçam. É mais comum nas crianças.
  • Hiperpigmentação perioral: maior pigmentação em algumas regiões do rosto, como ao redor da boca, nariz e olhos.
  • Melanose da área malar: manchas escuras provocadas geralmente pela exposição solar.
  • Hipomelanose macular progressiva: manchas mais claras que o tom da pele, mal definidas e não descamativas.
  • Quelóide: cicatriz saliente causada pelo excesso de proteína durante a cicatrização.
  • Dermatose papulosa nigra: é uma condição benigna. Se caracteriza por pequenos caroços hiperpigmentados na região do rosto e pescoço.
  • Pseudoacantose nigricante: espessamento marrom da pele em regiões como pescoço, axilas e virilhas.

Como cuidar da pele negra

Agora que você conhece mais sobre as características e particularidades, conheça os melhores cuidados com a pele negra.

Higienização

Fonte: Jeito de ser você

Uma rotina de cuidados com a pele começa com a higienização correta. Assim, se falamos de cuidados com a pele negra, não será diferente. Sendo assim, a limpeza diária, com produtos que controlem a oleosidade, é muito importante. Por isso, aposte nos sabonetes em gel, pela manhã e antes de dormir. Produtos com ativos adstringentes também são ótimos para remover a oleosidade sem ressecar a pele.

Rotina de skincare

Além da higienização diária, adote também uma rotina de skincare. Isso deixará sua pele mais saudável, longe dos cravos, espinhas e manchas que possam surgir. As sheet mask, ou máscaras de tecido, podem ser utilizada semanalmente e possuem ativos que melhoram a oleosidade, textura e manchas na pele. Ademais, consulte um dermatologista que te indicará os melhores produtos para seu tipo de pele.

Invista na esfoliação

Fonte: DCI

Por ter tendência de desenvolver foliculite, a esfoliação é recomendada nos cuidados com a pele negra. Isso porque ela consegue agir removendo impureza e células mortas que provocam inflamações. O indicado é fazer a esfoliação pelos menos três vezes por semana e também após a depilação. Assim, sua pele ficará renovada, menos oleosa, e menos suscetível aos cravos e espinhas.

Não se esqueça da hidratação

A hidratação é fundamental para manter a pele bonita e protegida. Mas na hora de escolher seu hidratante, lembre-se que a pele do rosto é diferente da do restante do corpo. O rosto pede por um hidratante que auxilie no controle da oleosidade. Por isso, busque por aqueles livres de óleo, com textura leve e com ação matificante. Alguns hidratantes possuem também ácido lático, ureia e ácido hialurônico, que ajudam no tratamento contra as manchas.

A pele do restante do corpo, por ressecar com mais facilidade, exige uma hidratação diferente. Por isso, procure fazer a hidratação durante e após o banho, com substâncias umectantes. Evite as substância a base de álcool, que podem causar ainda mais ressecamento.

Pele negra precisa de protetor solar!

Cuidados com a pele negra: características e dicas
Fonte: Todo Black é Power

A ideia de que a pele negra não precisa de proteção solar é um mito que precisa ser esquecido. Todos os tipos de pele necessitam de proteção contra os raios UVA e UVB. Os fotoprotetores são importantes não apenas contra o sol, mas contra as luzes visíveis de lâmpadas e eletrônicos. Por isso, aplique filtro solar mesmo dentro de casa e em dias nublados.

Além do mais, a radiação UV pode intensificar a produção de melanina, causando manchas na pele. Por isso, use protetor solar com FPS de no mínimo 30, reaplicando a cada duas horas. E para controlar a oleosidade, busque aqueles que tenham um toque seco.

Vitamina C é uma aliada

A vitamina C possui antioxidantes que agem contra radicais livres que degradam o colágeno. Assim, sua pele permanece jovem e saudável por muito mais tempo. Além disso, a vitamina C contribui no tratamento contra as manchas, pois consegue deixar a textura da pele macia e uniforme. Por isso, na rotina de cuidados com a pele negra, inclua produtos que possuem vitamina C.

Tratamentos estéticos

Fonte: Claudia

Alguns tratamentos estéticos são mais indicados para a pele negra. A depilação a laser, diferente dos outros tipos de depilação, minimiza os riscos de provocar manchas e foliculite. Mas não se esqueça de que só deve ser realizada por profissionais qualificados. Além disso, alguns ácidos como o glicólico, o ácido mandélico, o salicílico, a vitamina c e o ácido azelaico são ótimos no tratamento contra as manchas e oleosidade. Contudo, é importante consultar um especialista para saber qual é a melhor opção para a sua pele.

Enquanto isso, alguns tratamentos devem ser evitados. Esses produtos à base de ácido, por exemplo, não são recomendados no verão. Os procedimentos a laser, luz pulsada e a utilização de peelings também devem ser evitados nessa época do ano. Tratamentos à base de hidroquinona também devem ser feitos com cautela. Essa substância é um agente despigmentante muito usado na redução de manchas. Todavia, quando utilizado de forma inadequada pode clarear muito a pele.

Maquiagem

Cuidados com a pele negra: características e dicas
Fonte: Eu Total

Atualmente, existe no mercado diversas marcas de maquiagem voltadas para a pele negra. Esse é um ramo que está se expandindo e já é possível encontrar bases, batons, sombras, iluminadores e outros produtos específicos para os tons de pele negra. Por isso, invista nesses produtos e busque referência na área para utilizar apenas maquiagem de qualidade.

Busque um dermatologista

Muitos cuidados podem ser feitos em casa e no dia-a-dia, como podemos ver. Mas procurar um profissional também é muito importante. Isso porque o especialista te ajudará a entender melhor o seu tipo de pele, quais produtos funcionarão melhor na sua rotina de cuidados e os tratamentos mais adequados. Por isso, não se esqueça de buscar um acompanhamento médico antes de qualquer tratamento na sua pele.

Gostou dessa matéria? Então conhecer Maquiagens para pele negra – Dicas, truques, passo a passo e inspirações pode te interessar.

Não se esqueça também de dar uma passada na loja online Pele de Pêssego para conferir uma série de produtos para sua rotina de beleza.

Fontes: Sallve Adcos Quem Dicas de Mulher Derma Club Garnier

Imagens: Nappy Roberta Jungmann Derma Club Jeito de ser você Todo Black é Power Claudia Eu Total

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você