Celebridades

Acusações de abuso sexual contra Chris Noth vem à tona

O ator Chris Noth recebeu acusações de abuso sexual no fim de 2021, e foi recentemente cortado do fim do spin-off de "Sex and the City".

De acordo com a HBO Max, Chris Noth não deverá mais aparecer nas últimas cenas de “And Just Like That…”, sequência de “Sex and The City”. O ator, que vive o personagem Mr. Big, apareceria no último episódio, que vai ao ar dia 3 de fevereiro. Contudo, por conta de acusações de abuso sexual, isso não deve mais acontecer. Noth também já perdeu seu papel em “The Equalizer”.

Na série, é possível conferir Carrie (Sarah Jessica Parker) jogando as cinzas de Mr. Big no Rio Sena. Nesse sentido, o personagem apareceria ao lado dela durante o momento de despedida, já que ele morre no primeiro episódio. Contudo, a série foi ao ar muito antes do escândalo sobre as acusações de abuso sexual tomarem a proporção que tomaram. Dessa forma, a plataforma de streaming deve editar as últimas cenas.

Em dezembro, o jornal The Hollywood Reporter publicou uma matéria em que duas mulheres acusam Chris Noth de abuso sexual. Assim, a primeira revelou um caso em 2004, quando ainda tinha 22 anos. A segunda vítima, porém, é mais recente, tendo sua situação ocorrido em 2015, quando tinha 25 anos. De acordo com a primeira mulher, a violência aconteceu após um jantar em Nova York. Após Noth pedir para usar o banheiro da vítima, partiu para cima dela.

Chris Noth perde mais um papel após acusações de abuso sexual

Seja como for, as protagonistas de “And Just Like That…” fizeram questão de se manifestar sobre o caso, se pronunciando a favor das vítimas e lamentando a situação. “Estamos muito tristes em saber das acusações contra Chris Noth. Nós apoiamos as vítimas que vieram a público e compartilharam suas experiências dolorosas. Nós sabemos que é algo muito difícil de se fazer e as parabenizamos por isso”, comentaram em comunicado Sarah Jessica Parker, Cynthia Nixon e Kristin Davis.

Esse sequer é o primeiro trabalho que Noth perde após as denúncias. Por conta das acusações de abuso sexual, o ator está perdendo contratos e outros trabalhos, como é o caso de seu papel na série da CBS, “The Equalizer”. Por meio de um comunicado, os produtores informaram que ele não fará mais parte das filmagens da nova temporada. Da mesma forma, a Universal Television e a CBS se manifestaram a favor das vítimas na última segunda-feira (3). Por outro lado, o ator segue assegurando sua inocência, afirmando que tudo foi consensual.

Por meio de uma nota, negou todas as acusações de abuso sexual. “As acusações feitas contra mim por pessoas que conheci há anos, mesmo décadas atrás, são categoricamente falsas. Essas histórias podem ter sido de 30 anos atrás ou de 30 dias atrás — não sempre significa não— essa é uma linha que nunca cruzei. Esses encontros foram consensuais”, começou ele. “É difícil não questionar o timing de essas histórias virem à tona. Eu não sei ao certo o porquê de elas aparecerem agora, mas eu sei de uma coisa: eu não agredi essas mulheres.”.

Próxima página »

Escolhidas para você

Comentários

0 0 votos
Dê a sua opinião

guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Escolhidas para você