Beleza

Umectação, o que é? Para o que serve, como fazer e quem pode usá-la

A umectação é uma técnica de hidratação profunda feita a partir de óleos. Sua indicação é predominante para cabelos ressecados e deve ser feito no intervalo de 7 a 15 dias.

Atualizado em 04/08/2020
Por Maria Ritha Paixão

É horrível hidratar o cabelo e depois do processo, notar que não surtiu efeito. De tempos em tempos, a umectação é necessária para não passarmos por esse tipo de frustração.

Seu princípio ativo é fundamentado nas ações dos óleos vegetais. Através deste procedimento, é possível “umectar”, ou seja, umedecer profundamente os fios e ir à fundo nos poros capilares. Esta técnica é indicada, a princípio, para os cabelos com características de ressecamento.

Assim como acordar, comer, trabalhar e dormir, há também um cronograma a ser seguido para os cabelos.

Notou pontas duplas, frizz, fios quebradiços, opacos e sem vida? Saiba que estes são os sinais dados de que apenas uma hidratação simples não vai resolver a situação dos seus fios.

Para isso, existem diversos tipos de óleos e receitas produzidas no intuito de trazer de volta o brilho, a maciez e a força das suas madeixas.

O que é umectação?

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Blastingnews

Os especialistas sempre indicam os métodos de hidratação com óleos. Para a mulherada que não está por dentro dos tratamento capilares, esta técnica é chamada de umectação.

Umectar, portanto, é uma palavra que significa umedecer. Ou seja, tornar os fios de cabelo mais úmidos, cheios de líquido em suas fibras. Os cabelos secos são os que mais precisam deste tipo de intervenção capilar, pois têm dificuldades de manter o líquido no interior dos fios.

Às vezes, até o próprio clima influencia na perda de líquidos. É por isso que o banho de óleos passou a ser cotado na hora de tratar o déficit de retenção de água dos fios.

Há muitos anos, essa técnica é usada para garantir a saúde dos fios. Portanto, é predominantemente indicada para os tipos de cabelos ressecados. Porque a umectação nutre de forma profunda e proporciona a recuperação mais rápida da fibra capilar.

Portanto, do liso ao crespo, se os cabelos estão ressecados e sem vida, a hidratação a base de óleos vegetais pode ser utilizada sem medo de ser feliz. O bom de saber dessa possibilidade de tratamento é que não perdemos mais tempo com outros tipos de aplicações quando o cabelo está muito danificado. Assim, é mais fácil programar a rotina de cuidados dos cabelos.

Benefícios da umectação

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Salonline

A umectação, como método de restauração capilar, traz benefícios inigualáveis. A princípio, a reposição de lipídios é o principal ponto positivo dos óleos vegetais no cabelo. Pois, quando os fios perdem líquidos, as moléculas orgânicas deixam de existir.

Sem isso, a estrutura capilar fica comprometida. Ou seja, os fios ficam mais expostos aos impactos térmicos, como o do sol; ou aos efeitos dos procedimentos químicos.

Salvo o líquido dos fios, outro importante benefício é o tratamento dos poros. Quando o ressecamento é muito profundo, as cutículas se fecham, ficando muito mais difícil a absorção dos nutrientes. É por isso que, quando estamos nesse estágio de desidratação, é difícil que uma simples hidratação resolva o problema. Assim, os óleos vão adentrar melhor e equilibrar tanto a porosidade quanto o pH do cabelo.

Feito isso, os seus cabelos estarão nutridos e sedosos novamente e prontos para receber a sua hidratação semanal. Os óleos vegetais, sobretudo, estimulam o crescimento, trazendo maciez, protegendo o couro cabeludo dos fungos e bactérias e deixando os fios ricos em nutrientes. Ou seja, com o aspecto vívido e saudável.

Quem pode fazer umectação?

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Blog Fonte do Saber

Quando o assunto são tipos de cabelo (liso, ondulado, cacheado ou crespo), todos podem fazer a umectação. A contraindicação, a princípio, é para os cabelos com características mais oleosas. Como vimos, a umectação é feita a base de óleos vegetais e pode acabar potencializado o óleo natural dos fios. Portanto, não utilize deste método caso o seu cabelo se encaixe nesse perfil.

Agora, se o seu cabelo é mais seco e absorve rapidamente os nutrientes, se jogue! Ele também é recomendável se a raiz por si só não supre as necessidades de hidratação dos fios, deixando-os quebradiços e danificados. Portanto, use e abuse das receitinhas e dos diversos tipos de óleos vegetais disponíveis na natureza.

Como fazer a umectação?

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Superela

Não há segredos na hora de passar o seu óleo umectante nos cabelos. Basta dividi-los em mexas e aplicar o óleo escolhido sobre os fios, massageando bem.

O estimulo faz com que os nutrientes alcancem o mais profundo das fibras capilares. O mais interessante é que a aplicação pode ser feita tanto com os cabelos sujos quanto com os cabelos limpos. Mas, não é muito aconselhável sair ao sol enquanto estiver fazendo o procedimento.

Portanto, para melhor absorção do óleo, o indicando é permanecer com a receitinha umectante durante 3 horas, no mínimo. Após o tempo estipulado, lave bem as madeixas e cuide para não ficar resíduos nos fios.

Todavia, se não estiver dando conta de tirar completamente o óleo, use o seu condicionar como auxílio. Vai funcionar perfeitamente.

Frequência de tratamento

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Alto Astral

A recuperação dos fios deve ser um cronograma de umectação. Para adquirir o melhor efeito, é preciso, sobretudo, saber em qual estágio de desidratação se encontra os fios.

Isso é necessário para que a quantidade, o tempo e a frequência da técnica sejam definidos. Ou até mesmo se será incrementado algum outro tipo de ingrediente na sua receita.

Assim, após a identificação do nível de danificação do cabelo, programe-se para fazer uma hidratação umectante a cada 15 dias. Agora, se suas madeixas forem muito, mas muito ressecadas, é possível variar para 1 vez por semana. No entanto, nunca deixe de observar a reação dos fios diante o banho de óleos, e vá, aos poucos, se adaptando à rotina mais adequada para você.

Receitas de umectação

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Luiza Costa Cachuda

Separamos, a princípio, umas das mais populares receitas de umectação, fáceis de preparar em casa. Algumas delas são mais acessíveis do que você imagina, e podem ser feitas agora mesmo, se quiser. Em outras palavras, para conseguir cabelos reconstruídos, sem frizz, profundamente hidratados e sem pontas duplas, dê só uma olhada a seguir.

Óleo extravirgem e mel

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Site de Beleza e Moda

Em primeiro lugar, a umectação com mel e azeite extravirgem é o mais utilizado, porque é o mais tranquilo para preparar e aplicar. Ambos os ingrediente da receita são emolientes, ou seja, ajuda na retenção dos líquidos capilares. A ação protetora e antioxidante dos fios serão garantidas com esse tipo de tratamento. Portanto, é só seguir o passo a passo.

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 3 colheres (sopa) de mel

Preparo e aplicação

Primeiramente, despeje em uma vasilha média, fácil de misturar, as 2 colheres de azeite e as 3 de mel. Mexa bem até que o conteúdo fique sobretudo homogêneo. Vá tranquilamente separando mexa por mexa, aplicando a preparação e massageando os cabelos. Aguarde 30 minutos e enxague bem para não ficar restos para trás. Repita o procedimento uma vez por semana ou de 15 em 15 dias.

Umectação com óleo de rícino

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Fernanda Calheiros

O óleo de rícino é perfeito para restauração e fortalecimento dos cabelos. É por isso que ele é muito utilizado na fabricação de produtos estéticos, ou acrescido no meio das hidratações caseiras.

Devido à sua potência nutritiva, a umectação com este ingrediente é super indicada na hora de reparar os fios ressecados e sem vida. Assim, também você estará longe das caspas e os cabelos crescerão com muito força.

Ingrediente

  • óleo de rícino

Preparo e aplicação

Esta receita é feita, sobretudo, para aplicação no período noturno. Com o cabelo ainda sujo, separe-o em mexas e vá aplicando e massageando, sempre da raiz até as pontas.

A dica aqui é também massagear o couro cabeludo, pois o ato vai estimular a sua circulação sanguínea. Feito isso, pegue algum tecido grande de algodão, que dê para enrolar na cabeça. Enrole e durma com o preparo nos cabelos.

Pela manhã, ao acordar, lave normalmente os cabelos com o seu shampoo e condicionador.

Este tempo de umectação é ideal para recuperar intensamente os fios e trazer de volta a saúde do seu cabelo. Contudo, não repita este procedimento em curto prazo. Opte por fazê-lo de 15 em 15 dias, se necessário.

Umectação com azeite, banana, ovos e abacate

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Diedit.com

Uma verdadeira bomba de umectação! Banana, azeite, abacate e ovos são a junção perfeita para a reposição de óleo natural e para a retenção de líquidos e colágenos na fibra capilar. Essa receita é super indicada para os casos mais extremos de ressecamento.

O azeite, como sempre, está no topo do uso caseiro e, como você acabou de ver, pode ser incrementado à receita. Veja como fazer e quanto tempo deixar nos cabelos.

Ingredientes

  • meia banana
  • meio abacate
  • 1 ovo
  • 1 colher (sopa) de azeite

Preparo e aplicação

Lave os cabelos antes de começar o procedimento de umectação. Em uma tigela, amasse a banana, o abacate (sem casca) e acrescente o azeite com o ovo. Mexa tudo muito bem, até virar uma pasta única, sem ficar pedaços dos ingredientes na vasilha.

Separe o cabelo em mexas, aplique massageando bem os fios e deixe agir por 40 minutos. Posteriormente, lave o cabelo com água fria e desfrute do efeito nos seus cabelos.

Umectação com azeite e vinagre de maçã

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Lifestyle ao Minuto

A princípio, o azeite por si só já desempenha papel eficiente e importante na preservação do líquido nos cabelos. Sua capacidade emoliente é muito utilizada nas hidratações para cabelos secos.

Já, o vinagre de maçã, é usado para tratamentos como caspas e garante o equilíbrio do pH nos fios. As escamas das fibras são as maiores beneficiadas, porque são seladas, fazendo com que os nutrientes fiquem por mais tempo retidos.

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de máscara de hidratação
  • 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã
  • 3 colheres (sopa) de azeite

Preparo e aplicação

A princípio, esta receita foi feita para aplicação após a lavagem do cabelo. Então, comece despejando todos os ingrediente em uma vasilha e mexendo até formar uma única substância.

Como indicado, separe os cabelos ainda úmidos em mexas, e vá aplicando a mistura da raiz aos fios. Não é preciso mais de 20 minutos de ação no cabelo. Em seguida, lave com água fria e só volte a repetir a aplicação no período de 15 dias.

Umectação com óleo de coco

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Laqueline Chaves

Chegamos afinal, ao queridinho das umectações. O óleo de coco é o preferido porque possui ação emoliente, garante a restauração e a força do cabelo, além de ser antibactericida e antifúngico. Ademais, suas propriedades são ideais para acabar com as caspas e deixar os fios muito mais aptos para enfrentar o dia.

A princípio, o óleo de coco pode ser misturado em outros tipos de hidratações. Mas, para a ação umectante, ele é indicado na aplicação solo.

Ingredientes

  • Óleo de coco

Preparo e aplicação

Os cabelos, neste caso, precisam estar ainda sujos, e a aplicação é feita antes de dormir. Aqueça um pouco do óleo de coco em uma panela, para desfazer os gomos da sua pasta. Mas, muito cuidado, porque a intenção não é deixar o óleo quente!

Então, separe o cabelo em mexas, e aplique o óleo massageando da raiz às pontas. Certifique-se de que a aplicação foi feita corretamente em todo o cabelo.

Forre o seu travesseiro com uma toalha e durma com o óleo nos fios. No dia seguinte, lave o cabelo normalmente com os seus produtos. Não esqueça de condicionar o cabelo.

Feito isso, já está pronta a sua umectação. Em suma, seu cabelo estará muito mais restaurado após o procedimento.

A rotina de uso é preferível no intervalo de 15 dias, porque as cutículas fecham muito com o óleo de coco. Ou seja, os nutrientes e líquidos ficaram por muito mais tempo.

Umectação com leite de coco e óleo de argan

Umectação - o que é, para o que serve, quem pode fazer e como
Imprensa Publica

No caso do leite de coco no cabelo, saiba, de princípio, que se trata da melhor fonte proteica possível para uma umectação. E, se estiver somado ao óleo de argan, não há dano térmico que resista a essa bomba restaurativa dos fios. Não é nada difícil o preparo e pode ser feito toda semana se o seu cabelo estiver muito ressecado.

Ingredientes

Preparo e aplicação

Com o cabelo já lavado, sem condicionador, aplique a mistura nas mexas e massageie bem. Deixe agir por 40 minutos.

Essa receita é bem mais líquida, portanto, não estranhe a sua textura na hora da aplicação.

Passado o tempo, enxague na água fria. Contudo, só repita o procedimento quando for realmente necessário. Aliás, o ideal é estabelecer uma frequência de 15 em 15 dias, no mínimo.

Por fim, saiba mais sobre hidratações profundas em Hidratação profunda, o que é? Benefícios, quando fazer e receitas caseiras

Fontes: Blastingnews, Soul Power, Tô de Cacho, Expresso MT, Juro Valendo, Fique Diva, Imprensa Publica, Salonline, Salonline 2, Cabelo bom é o meu, Portal Tudo Aqui, Tô de Cacho 2, Beleza e Saúde,

Fontes de imagens: Blastingnews, Salonline, Blog Fonte do Saber, Superela, Alto Astral, Luiza Costa Cachuda, Site de Beleza e Moda, Fernanda CalheirosDiedit.com, Jaqueline Chaves, Imprensa Publica, Peabirus

Próxima página »

Escolhidas para você